Licenciada pela Fifa, empresa gerará mil empregos em Natal durante a Copa

- A CSM Catering, vinculada ao grupo CSM Brasil, voltado para os ramos de hospitalidade e gestão de eventos, foi…

- A CSM Catering, vinculada ao grupo CSM Brasil, voltado para os ramos de hospitalidade e gestão de eventos, foi escolhida pela Fifa para realizar a operação de alimentos e bebidas durante a Copa do Mundo de 2014 em todas as 12 arenas (estádios) que sediarão os jogos entre as seleções classificadas.

- Para cumprir a tarefa, a empresa precisará criar cerca de 12 vagas de trabalho temporário, mil das quais em Natal, que serão ocupadas através de um processo de seleção.

- Com o objetivo de divulgar a existência dessas vagas e atrair o maior número possível de candidatos ao emprego, a empresa já está cuidando de lançar a campanha publicitária “Quero Vestir a Camisa”, anunciando o site www.querovestiracamisa.com, no qual as pessoas poderão se inscrever.

- Segundo o empresário Mauro Correa, sócio da CSM, trata-se de “um dos maiores programas de recrutamento de pessoal a ser feito no Brasil no período que antecede a Copa do Mundo”, que dará a milhares de pessoas a chance de vivenciar o grande evento esportivo internacional e ainda ganhar um dinheiro extra.

- Serão oferecidas mil vagas de trabalho em cada cidade-sede dos jogos, com oportunidades no operacional dos bares e lanchonetes dos estádios, em funções de supervisão e coordenação, caixas e vendedores.

- Não haverá exigências iniciais nem pré-requisitos a serem atendidos pelos candidatos, exceto que tenham mais de 18 anos. O processo, além da triagem de cadastros, será feito por meio de entrevistas presenciais.

- Os recrutados também participarão de sorteios realizados em todas as partidas e receberão certificado de participação, podendo registrar a experiência como atividade extracurricular.

- O processo de seleção e contratação dos aprovados se dará entre os meses de março e abril. A documentação necessária já está disponível na internet. Em maio e junho, todos os selecionados passarão por três sessões de treinamento específico para o desempenho de cada função, com ênfase no atendimento ao cliente, manuseio e transporte de alimentos e operação dos bares.

 

Complexo Eólico Parque Asa Branca implanta projeto social no Mato Grande

- Já se encontra em Natal a executiva Luciana Castro, contratada pelo grupo multinacional Contour Global (formado pelos investidores responsáveis pela implantação do Complexo Eólico Parque Asa Branca nos municípios de João Câmara, Parazinho e Jandaíra), para gerir a partir de março próximo o projeto social “Ventos de Asa Branca”, que beneficiará centenas de crianças e adolescentes da região do Mato Grande.

- Luciana já está cuidando dos preparativos do projeto, é assinado pelo Instituto Agires, de São Paulo, e contará com suporte financeiro do Contour Global.

- O Complexo Aeólico Parque Asa Branca, inaugurado em setembro do ano passado, se constitui num dos maiores aglomerados de torres aerogeradoras do país, e ainda não está produzindo energia apenas porque aguarda a conclusão dos linhões de transmissão, cujas obras de construção estão a cargo da Chesf.

- O projeto social “Ventos de Asa Branca” atenderá inicialmente 360 crianças e adolescentes e terá polos instalados nas cidades de João Câmara e Parazinho, onde serão oferecidas atividades gratuitas de música, arte sustentável e esporte, supervisionadas por profissionais multidisciplinares a serem contratados na própria região.

 

Vão até este domingo inscrições para cursos técnicos do Sesi/Senai

- As inscrições para o processo seletivo dos cursos técnicos profissionalizantes do Serviço Social da Indústria (Sesi-RN) e do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai-RN) se encerrarão domingo, dia 9 de fevereiro.

- Não são cobradas taxas para as inscrições, que só podem ser feitas através da internet (www.advise.net.br/SIS/index.php?id_concurso=62).

- Estão sendo oferecidas 336 vagas, distribuídas entre Natal e Mossoró, para os seguintes cursos: Técnico em Eletrotécnica (42 vagas para cada cidade); Técnico em Mecânica (42 vagas para Mossoró); Técnico em Petróleo e Gás (84 vagas para Mossoró); Técnico em Refrigeração e Climatização (42 vagas para Natal) e Técnico em Vestuário (84 vagas para Natal).

- Os cursos também serão gratuitos. Para concorrer a uma das vagas o candidato deverá ter concluído o Ensino Fundamental II e ter, na data da matrícula, idade mínima de 14 e máxima de 17 anos. As provas e avaliações serão realizadas tanto em Natal quanto em Mossoró, conforme cronograma que consta no edital do processo seletivo (www.advise.net.br/editais/sesi_senai_ebep_rn_2014.pdf).

Rede de lojas paulista planejaa instalar Centro de Distribuição no RN

- A expansão dos negócios da rede de lojas de eletrodomésticos e eletroeletrônicos Fast Shop, com 85 lojas espalhadas pelo país e presença forte em seis Estados (entre eles os nordestinos Bahia e Pernambuco), poderá trazer para o Rio Grande do Norte o Centro de Distribuição do grupo.

- As negociações para instalação no Estado foram iniciadas esta semana em Natal, durante reunião entre o secretário do Desenvolvimento Econômico, Sílvio Torquato, e o diretor do grupo, Júlio Kakumoto.

- O plano de negócios ainda inclui a abertura de lojas, além do Centro de Distribuição, cuja finalidade será abastecer as outras unidades da rede Fast Shop na região Nordeste, além providenciar a entrega de produtos adquiridos via internet.

- Segundo informa o secretário Silvio Torquato, todos os esforços para garantir a instalação do Centro de Distribuição do grupo lojista no RN estão sendo feitos pelos órgãos da administração estadual. Em 2013 a rede Fast Shop faturou R$ 3 bilhões.

 

Sindipostos/RN lança campanha educativa sobre o preço de combustíveis

- O Sindicato do Comércio Varejista dos Derivados de Petróleo do Rio Grande do Norte (Sindipostos-RN) lançou uma campanha educativa sobre a composição do preço do combustível, tomando por base dados fornecidos pela Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP).

- As peças publicitárias, banners, spots, folders, mostram em detalhes como é composto o preço final do litro da gasolina, do etanol e do diesel ao consumidor.

- No caso da gasolina, por exemplo, 34 por cento do valor cobrado nos postos fica com a refinaria; 15 por cento se referem à mistura de etanol; 7 por cento correspondem aos impostos federais; 27 por cento aos impostos estaduais; 2 por cento cobrem o custo do frete; e 15 por cento é o percentual que fica para os postos e a distribuição do produto.

- O Sindipostos, na preocupação de contribuir para a informação precisa da população, também produziu uma cartilha onde detalha com precisão todos os impostos que incidem sobre o preço do combustível, os quais correspondem a cerca de 50 por cento do preço final ao consumidor.

- A principal mensagem da campanha é a frase “Se você acha que combustível é caro no Brasil, não é culpa do posto”.

Compartilhar: