Líder, Cruzeiro vira no Sul e tira invencibilidade do Internacional

O importante triunfo conquistado com atuação consciente do time mineiro deixa os cruzeirenses na liderança isolada, com 16 pontos conquistados

Cruzeiro bateu Internacional de virada por 3 a 1. Foto: Divulgação
Cruzeiro bateu Internacional de virada por 3 a 1. Foto: Divulgação

Até então invicto no Campeonato Brasileiro, o Inter não resistiu ao líder Cruzeiro na noite deste domingo. No Estádio Centenário, em Caxias do Sul, o time colorado saiu na frente, mas tomou a virada do adversário de Minas Gerais e perdeu por 3 a 1 pela sétima rodada da competição – o clube celeste recupera, assim, a primeira colocação do torneio, perdida para o Fluminense no último sábado.

O importante triunfo conquistado com atuação consciente do time mineiro deixa os cruzeirenses na liderança isolada, com 16 pontos conquistados. O clube gaúcho, por sua vez, fica apenas na oitava colocação, com os mesmos 12 pontos com os quais iniciou a rodada.

Ambos os times voltam a campo pelo Campeonato Brasileiro no meio de semana. Às 22h (de Brasília) da quarta-feira, o Cruzeiro pega o Corinthians em São Paulo, no Canindé. Já o Inter volta a jogar no Estádio Centenário: recebe a Chapecoense às 21h da mesma quarta-feira.

A partida deste domingo demorou a esquentar na fria Caxias do Sul. A primeira chance, contudo, foi em grande estilo: aos 25 minutos, D’Alessandro arriscou de longe e acertou o travessão do goleiro Fábio. A partida ainda era equilibrada, mas mesmo assim o Inter saiu na frente aos 38 minutos em boa trama ofensiva que culminou com gol do recém-chegado Wellington, ex-São Paulo.

Na briga pela liderança do Campeonato Brasileiro, o Cruzeiro, no entanto, mostrou poder de reação. Aos 42 minutos, Dagoberto cobrou escanteio e Léo desviou. Após confusão na área, o meia Ricardo Goulart cabeceou quase na linha de fundo do meio da área e viu a bola quicar estranhamente para morrer no gol colorado.

O duelo voltou no mesmo ritmo para os 45 minutos finais: bastante equilíbrio e muito estudo de ambos os lados. Desta vez, contudo, o Cruzeiro aproveitou melhor a chance que teve: aos 24 minutos, Éverton Ribeiro deu excelente assistência para Willian, que avançou sozinho e concluiu no canto de Dida. O Inter não conseguiu pressionar o adversário e ainda sofreu mais um com Marcelo Moreno, aos 41 minutos.

Compartilhar:
    Publicidade