Loja Brasil Original deverá reunir a produção de 120 artesãos do RN

Todas as lojas Brasil Original recebem itens produzidos em 21 estados brasileiros por artesãos atendidos pelo Sebrae

7i6i78i67i56i5

Peças originais que retratam a iconografia, os tipos humanos, a história e as belezas do Rio Grande do Norte, através de trabalhos manuais. Isso é o que turistas brasileiros e estrangeiros vão encontrar na Loja Brasil Original de Natal. Instalada na praça da Árvore de Mirassol, a loja conceito – que está sendo instada em todas as cidades-sede da Copa do Mundo FIFA 2014 – será inaugurada nesta sexta-feira (16). A solenidade está prevista para começar às 19h. A iniciativa do showroom é do Sebrae no Rio Grande do Norte em parceria com a prefeitura de Natal.

O espaço possui 420 metros quadrados e foi concebido com base na sustentabilidade, cujo projeto foi proposto pela arquiteta Viviane Teles. No local, estão distribuídas peças representativas do nosso artesanato, algumas classificadas entre as melhores do país pelo ranking do Top 100 de Artesanato. Serão 120 tipos diferentes de produtos de tipologias, como cerâmica, bordados, rendas, palha de carnaúba, palha e paneiro de coqueiro. As peças utilitárias e decorativas trazem elementos da cultura regional e imprimem particularidade e originalidade aos utensílios.

Parte do acervo é orientada especificamente à Copa. São peças de fácil acesso confeccionadas em mdf, vidro, porcelana e tecido. Um tipo de artesanato que agrada o turista que visita a cidade e deseja levar uma lembrança da região. “São peças fáceis de transportar que caracterizam a nossa iconografia, fazendo referências ao cajueiro de Pirangi, o Forte dos Reis Magos, o Pórtico de Entrada da cidade em formato de estrela e as praias de Ponta Negra e Jenipabu. Exatamente o que a maior parte dos turistas procura”, afirma a gestora do projeto Sebrae 2014 de Produção Associada no Rio Grande do Norte, Jupira Nunes.

A curadoria das peças ficou a cargo da Fundação Capitania das Artes (Funcart), que favorece a divulgação do trabalho de 120 artesãos através da vitrine. A prefeitura fez cessão do espaço por quatro meses ao Sebrae, que se encarregou da adaptação do prédio. De acordo com Jupira Nunes, apesar de ser considerada uma loja conceito, a Brasil Original é especialmente voltada para a comercialização dos produtos, que passaram por uma intervenção de design, agregando valor pelo acabamento e estética.

 

Funcionamento

A loja deverá ficar aberta até agosto, funcionando das 12h às 22h. Semanalmente, um dos mestres de algumas tipologias estará no espaço fazendo demonstrações de sua arte no interior da loja. A estimativa é receber em torno de 30 mil visitantes. Para atrair esse público, será feito um trabalho de divulgação alternativa no aeroporto, hotéis, pousadas, guias de turismo, receptivos e taxistas, além da mídia tradicional em veículos de comunicação.

A loja Brasil Original faz partes da estratégia do Sebrae para gerar novas oportunidades de negócios para atua na cadeia produção associada ao turismo e abrir mais canais de comercialização para o artesanato local, tendo como o incentivo o campeonato mundial de futebol, realizado no Brasil. “A ideia da loja Brasil Original é dar unidade ao artesanato produzido no País, criando uma identidade própria e as respeitando as particularidades de cada região. Com isso, queremos elevar o patamar de qualidade do nosso artesanato”, ressalta Jupira Nunes.

Além de Natal, os showrooms vão funcionar em outras oito das 12 cidades-sede da Copa: Brasília, Rio de Janeiro, São Paulo, Belo Horizonte (MG), Salvador (BA), Fortaleza (CE), Manaus (AM) e Porto Alegre (RS).

Todas as lojas Brasil Original recebem itens produzidos em 21 estados brasileiros por artesãos atendidos pelo Sebrae. A iniciativa permitirá ao visitante conferir peças originais feitas no país inteiro. A intenção do projeto Brasil Original é aproveitar o momento da Copa do Mundo e demais eventos esportivos do período, como forma de estimular o desenvolvimento do artesanato brasileiro por meio da inovação, competitividade e acesso a mercados.

Compartilhar: