Lula diz que tucanos sempre esconderam a corrupção “debaixo do tapete”

Em evento com Padilha, ex-presidente disse que tucanos escondem corrupção ‘debaixo do tapete’

Lula participa com Alexandre Padilha da Caravana Horizonte Paulista, em Araçatuba. Foto: Divulgação
Lula participa com Alexandre Padilha da Caravana Horizonte Paulista, em Araçatuba. Foto: Divulgação

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, em discurso na noite desta sexta-feira em Araçatuba (SP), disse que no tempo em que os tucanos governavam o país, a corrupção não aparecia “porque eles a colocavam debaixo do tapete”. Falando à militância em evento da caravana de pré-campanha do ex-ministro da Saúde Alexandre Padilha ao governo paulista, o ex-presidente disse que a única forma de combater a corrupção é com honestidade. Ele criticou por várias vezes a gestão Geraldo Alckmin (PSDB), alvo principal também das críticas de Padilha.

“Só existe um jeito de combater a corrupção (…) No tempo deles (tucanos no governo federal), a corrupção não aparecia porque eles colocavam debaixo do tapete. Para nós, aparece. Quem não quiser ter problemas, que aja com honestidade”, disse o ex-presidente à militância.

Lula ainda criticou “setores conservadores no estado”, os quais, segundo ele, “fazem certo terrorismo” em relação a uma suposta hegemonia do PT, caso o partido reeleja Dilma Rousseff e eleja Alexandre Padilha no estado. Ele lembrou que os críticos também se referem à prefeitura de São Paulo, hoje comandada pelo petista Fernando Haddad.

“Nós estamos disputando uma eleição um pouco complicada. Os setores conservadores deste estado estão com medo porque o PT governa o Brasil, o PT governa a capital de São Paulo, e eles estão pregando um certo terrorismo dizendo que não se pode permitir que o PT governe o Brasil, a capital e o estado de São Paulo”.

Fonte: O Globo

Compartilhar:
    Publicidade