Maconha e cocaína preparadas para Copa vem embaladas com Fuleco

Nas embalagens da droga há ainda uma reprodução da taça do Mundial 2014, com o logo da Fifa logo abaixo

Traficantes usaram símbolos da Copa para embalar as drogas. Foto: Divulgação
Traficantes usaram símbolos da Copa para embalar as drogas. Foto: Divulgação

Os traficantes cariocas aproveitaram a Copa do Mundo para faturar. Ontem à tarde policiais da 33ª DP (Realengo) apreenderam em uma operação na favela Vila Aliança trouxinhas de maconha e cocaína embaladas com a imagem do Fuleco, mascote do Mundial.

Nas embalagens da droga há ainda uma reprodução da taça do Mundial 2014, com o logo da Fifa logo abaixo. Também foram apreendidos um fuzil calibre 223, granadas, carregadores e anotações do tráfico.

Mais cedo, nesta terça-feira, policiais militares do 14°BPM (Bangu) com o apoio do Batalhão de Operações Especiais (Bope) apreenderam 1 tonelada de maconha na Vila Aliança e na vizinha favela da Coreia, além de quatro motos e duas pistolas. Dois suspeitos foram presos.

Na sexta-feira, policiais da Delegacia do Consumidor do Rio prenderam em flagrante uma mulher que tentava vender seus ingressos para a Copa  por R$ 7 mil. De acordo com o delegado Ricardo Barboza, titular da especializada, é proibido vender ingressos para um evento esportivo por um preço superior ao estampado no bilhete e uma operação especial da delegacia para coibir este tipo de crime será realizada durante todo o Mundial.

Fonte: Terra

Compartilhar: