Maguila continua sem previsão de alta e sua mulher diz: ‘Situação complicada’

Ex-pugilista está internado desde 25 de abril, na Santa Casa de Misericórdia, em São Paulo

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Internado desde o último dia 25 de abril, na Santa Casa de Misericórdia, em São Paulo, o ídolo nacional Maguila continua sem previsão de alta. Em entrevista, a esposa do ex-pugilista, Irani Pinheiro, falou que, apesar de estável, seu quadro é delicado e requer muitos cuidados. Ela disse também que ele está calmo, ciente do que está acontecendo.

“Ele está consciente, mas infelizmente não tem como a gente saber quando ele vai poder voltar para casa. É uma situação complicada por se tratar de uma doença degenerativa, mas a gente está confiante de que logo ele vai sair dessa”, disse.

Na última semana, Maguila teve uma leve piora em seu quadro em decorrência de uma febre alta, que ainda não se sabe de onde se originou. Ele está sendo submetido a uma série de exames para que os médicos possam reavaliar sua situação.

“Eu tenho pedido muita paciência para ele. O Maguila sabe do carinho e da torcida dos fãs para que ele fique bem logo, e nós agradecemos muito por isso. Todos esses gestos tem dado forças para que ele continue lutando. Ele tem passado boa parte do tempo mais sonolento por causa dos remédios que está tomando”, contou.

Apesar da estabilidade no quadro, a situação é delicada. Maguila continua se alimentando por uma sonda. O ex-pugilista sofre de Encefalopatia Traumática Crônica do Boxeador (Dementia Pugilistica), caracterizada por declínio cognitivo, alterações de comportamento e sinais parkinsonianos.

Maguila tem 55 anos e lutou entre 1983 e 2000. Ele entrou no ringue em 85 oportunidades, com 77 vitórias, sendo 61 por nocaute, sete derrotas e um empate. Suas principais lutas foram contra os americanos Evander Holyfield e George Foreman. Sua última aparição pública foi no dia 20 de abril, quando esteve no enterro do narrador Luciano do Valle.

Fonte: iG

Compartilhar:
    Publicidade