Mais Médicos a perigo

Foi mais rápido do que até o mais otimista adversário imaginava. O programa Mais Médicos, uma das hostes de sustentabilidade…

Foi mais rápido do que até o mais otimista adversário imaginava. O programa Mais Médicos, uma das hostes de sustentabilidade da futura campanha de Dilma Rousseff a reeleição já começa a dar claros sinais de que pode se transformar em uma grande dor de cabeça para o governo federal.

Tudo começou com a médica cubana Ramona Rodriguez, que fugiu do interior do Pará para pedir refúgio em Brasília. Depois, outro conterrâneo de Fidel Castro, esse mais esperto, que só deu notícias do seu paradeiro após chegar nos Estados Unidos. Hoje, mais três estão sendo procurados pelo governo.

Hoje, o Ministério da Saúde publicou uma lista com 89 médicos que, simplesmente, desapareceram dos seus postos de trabalho desde o início do projeto. Desses, 80 são brasileiros que devem ter percebido a barca furada onde se meteram, ou seja, em postos de saúde sem as mínimas condições de funcionamento.

Caso o governo não encontre uma forma emergencial de fazer parar o sangramento do projeto, uma das principais bandeiras da presidente, é praticamente certa que a saída de novos especialistas só continuará com o passar do tempo. E, neste caso, será uma arma pronta para ser engatilhada pelos adversários petistas.

Enquanto isso, o sofrimento do povo continua no interior brasileiro. Onde se prometeu resolver o problema da saúde com a chegada de médicos, se vivencia um verdadeiro descaso de investimentos neste setor tão fundamental para qualquer sociedade. Ainda falta muita coisa para se chegar a uma situação minimamente aceitável.

 

CONTA CARA

O Ministério Público do Estado vai pagar R$ 423,4 mil a UFRN, para que os promotores potiguares possam participar da turma especial do curso em nível de Mestrado Acadêmico em Direito. O valor será pago em parcelas iguais e sucessivas de R$ 105,8 mil ao final de cada período letivo. O contrato tem vigência a partir deste mês, data da sua assinatura, até o ano de 2017, quando serão encerradas as aulas.

NOS BASTIDORES

Aos poucos, as estratégias dos políticos para as próximas eleições vão ficando cada vez mais claras no RN. Se o PMDB cada vez mais deixa claro que o nome da legenda é o de Henrique Alves, e que Fernando Bezerra apenas guarda a vaga para ser substituído na hora certa, os prováveis adversários também já começam a colocar as cartas na mesa.

ESTRATÉGIAS

O PT, como este colunista já abordou por aqui, vai criticar com todas as suas forças o ex-aliado PMDB, pela decisão de se unir a adversários da presidente Dilma Rousseff no RN, como o PSB e o DEM. O objetivo é impedir qualquer chance de Henrique conseguir impor o apoio petista a seu projeto a partir de um entendimento com a cúpula nacional. Para isso, é preciso tornar a situação insustentável.

NOVO ACORDÃO?

Agora, fica clara também a estratégia do vice-governador Robinson Faria. Único pré-candidato a sucessão de Rosalba Ciarlini já definido, o vice tenta colar nos adversários a mancha do “acordão”, devido a tentativa de Henrique de unir vários partidos. O problema é que estes partidos que o presidente do PMDB tenta unir, já estão ao lado dele faz tempo.

DESAFIOS

Difícil também será explicar como Robinson, que antes preferia o apoio de Wilma e do próprio PMDB, conseguiu se entender com o PT, partido que defendia até poucos dias atrás uma aliança com os próprios peemedebistas. A aliança terá trabalho para mostrar a população que, na verdade, o acordão está do outro lado. Tarefa complicada.

SUSPEITA

O Ministério Público instaurou inquérito civil para investigar possíveis irregularidades na cobrança e no destino de taxas pelo Itep-RN. Entre as diligências iniciais requisitadas, o órgão solicitou cópia das leis que instituíram a cobrança de todos os serviços oferecidos pelo instituto, assim como dos demonstrativos da receita de cada um deles, entre os anos de 2010 e 2013.

CULTURA NO SERIDÓ

O jornalista Joaquim Pinheiro, admirador da poesia popular e da literatura de cordel, está finalizando os preparativos para a realização do I Encontro de Repentistas da região Agreste do RN. Já estão confirmadas a participação de várias duplas de violeiros, como Edmílson Ferreira e Antonio Lisboa, Raulino Silva e Rogério Menezes, e Helanio Moreira e Felipe Pereira. O aboiador Amâncio Sobrinho também participará do evento, previsto para acontecer no mês de maio.

CULTURA EM NATAL

O artista potiguar Vatenor realiz a partir de amanhã , as 19h, a exposição Encontrando Amigos, na Galeria Newton Navarro, localizada na sede da Fundação José Augusto. O espaço ficará aberto até o dia 28. A disposição do público, uma coleção de arte adquirida ao longo de décadas.

GIRA MUNDO

A seca impiedosa nos reservatórios das hidrelétricas do Sudeste e do Centro-Oeste, em momento de picos de consumo no país, levou a uma patamar recorde de exigência de produção nas usinas térmicas convencionais da região, que geram energia elétrica. O custo da produção em uma usina térmica pode superar em 50% o da produzida por uma hidrelétrica. Segundo a Folha de São Paulo de hoje, pela primeira vez na história se chegou a carga diária de 12,8 mil megawatts médios no mês, considerando os 10 primeiros dias de fevereiro.

Compartilhar:
    Publicidade