Manchester City prepara oferta de 200 milhões de euros por Messi

'El Confidencial', da Espanha, afirma que sheik árabe tem dinheiro para negociação

Messi tem tudo para ser o destaque da Copa no Brasil. Foto:Divulgação
Messi tem tudo para ser o destaque da Copa no Brasil. Foto:Divulgação

Em reportagem publicada na edição desta quinta-feira, o jornal espanhol ‘El Confidencial’ afirma que o sheik árabe Sulaiman Al-Fahim, proprietário do Manchester City, está disposto a oferecer € 200 milhões (cerca de R$ 640 milhões) para tirar Messi do Barcelona. Segundo o diário, a proposta teria chegado ao jogador nos últimos dias.

Mas o City não seria o único clube com capacidade para investir tanto no camisa 10. O Paris Saint-Germain poderia usar verba da Qatar Sport Investments para levar o argentino.

Apesar do interesse, Josep Maria Bartomeu. presidente do Barcelona, garante que o quatro vezes melhor do mundo não está disponível no mercado.

- Messi não está à venda. É um jogador que nasceu aqui, que deve estar no Barcelona. É um ícone, uma referência mundial que está com a gente. Tomara que permaneça até o fim da carreira. Portanto, Messi não se vende – afirmou Bartomeu ao ‘Telenotícies Vespre’, da TV3 espanhola.

Desde que se tornou profissional, em 2005, Messi renovou contrato com o Barcelona sete vezes. Atualmente, seu vínculo vai até 2018, mas um novo acordo vem sendo negociado desde o ano passado. A cláusula de rescisão é de € 250 milhões (cerca de R$ 800 milhões).

O salário anual de Messi atualmente é por volta de € 11 milhões (cerca de R$ 35 milhões) – seus ganhos em contratos de publicidade chegariam a € 5 milhões a cada temporada. Segundo especulações, o aumento levaria o gasto do Barcelona para € 20 milhões (R$ 64 milhões). O valor seria o suficiente para superar o que o Real Madrid paga a Cristiano Ronaldo, o recordista no quesito atualmente, com pouco mais de € 17 milhões (R$ 54 milhões).

Na última quarta-feira, Messi participou do empate da Argentina com a Romênia por 0 a 0, em Bucareste. No início da partida, passou mal e chegou a vomitar no gramado. No próximo sábado, volta a campo, pelo Barcelona, para enfrentar o Valladolid, fora de casa, às 12h (de Brasília).

Fonte:Globo

Compartilhar: