Manicure é torturada e morta por suposto roubo de biscoitos

Três suspeitos foram presos em Osasco, na Grande São Paulo. Criminosos gravaram tortura

A manicure foi torturada e morta porque teria roubado pacotes de biscoito. Foto: Divulgação
A manicure foi torturada e morta porque teria roubado pacotes de biscoito. Foto: Divulgação

Uma mulher de 26 anos foi sequestrada, torturada e assassinada porque teria furtado alguns pacotes de biscoitos, em Osasco, na Grande São Paulo. A polícia prendeu três pessoas neste final de semana. Uma denúncia anônima permitiu que os investigadores encontrassem um vídeo, feito pelos criminosos, que mostra a vítima sendo torturada. Eles foram identificados a partir das imagens.

A vítima, Ane Kelly Santos, era manicure e estava desaparecida desde o dia 24 de abril, segundo uma publicação em uma rede social. Na mensagem, uma amiga da manicure relata que ela desapareceu após sair para comprar pão e que a família estava muito preocupada.

Os dois homens foram presos em uma favela de Osasco, na Grande São Paulo. De acordo com a polícia, Jackson Nunes Pereira e Valmir Lima Oliveira ajudaram Renata Fonseca a praticar o crime. O cativeiro ficava na favela do Assucará. Ao delegado Zacarias Tadros, os suspeitos contaram que ela foi morta por punição, por ter roubado um pacote de biscoitos dentro da casa de Renata.

A mulher que encomendou o crime aos dois homens também foi presa, segundo a Polícia Civil. – Seria um pequeno furto de alimentos, pacotes de bolacha, que levou esse grupo e essa quadrilha a sequestrar essa moça, levá-la para cárcere privado, torturar e matar – disse à TV Globo o delegado Zacarias Tadros, responsável pelo caso.

Fonte: O Globo

Compartilhar:
    Publicidade