Mano Menezes terá de quebrar cabeça para escalar ‘novo’ Corinthians

Com cinco reforços, Timão deverá jogar no segundo semestre com 36 atletas em seu plantel

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Após uma eliminação precoce no Campeonato Paulista e um início promissor no Brasileiro, o Corinthians encerrou seu primeiro semestre da temporada com um balanço de irregularidade. É justamente buscando uma maior sequência de boas atuações que o Timão já trouxe quatro reforços para o segundo semestre (sem contar o atacante Marcelo, que está próximo de acertar com o Alvinegro).

Com alta probabilidade de voltar da parada da Copa do Mundo com 36 jogadores no elenco, o Corinthians trará uma considerável “dor de cabeça” para Mano Menezes, que terá cerca de um mês de treinos para definir quem serão seus 11 “preferidos”.

O setor mais recheado é o formado por meias. Ao todo, o Timão voltará para a “segunda parte” do Brasileirão com oito atletas à disposição de Mano. Jadson e Petros terminaram o primeiro semestre como titulares (o primeiro com sete gols; o segundo com 44 desarmes). Renato Augusto enfim deve estar 100% fisicamente. Elias chegou para ser titular e Lodeiro, para brigar por espaço. Zé Paulo, Ramirez e Danilo correm por fora atualmente.

Outra parte do time corintiano que tende a “dar trabalho” para ser escalada é o ataque. Guerrero e Romarinho veem as sombras de Ángel Romero e Marcelo. Os jovens Luciano, Paulinho e Malcom também estão à disposição do técnico.

Não bastasse os reforços já citados, o zagueiro Anderson Martins foi contratado para disputar vaga com Cléber. Gil deve seguir “intocável”.

Laterais e volantes devem ser as menores “preocupações” de Mano. A tendência é Ferrugem ganhar algumas chances e Bruno Henrique, Guilherme e Ralf disputarem uma ou duas vagas entre os titulares.

A única certeza é que dia 17 de julho, contra o Internacional, na Arena Corinthians, Mano escalará 11 titulares. De resto, só o tempo dirá.

ELENCO INCHOU

Defesa: Com Anderson Martins contratado, o zagueiro Wanderson deve perder espaço. No gol, clube busca interessados em Julio César.

Meio de campo: Com Elias e Lodeiro como opções, Timão vai abrir mão de Jocinei. Guilherme Andrade também pode deixar o clube por falta de espaço em 2014.

Ataque: Romero e Marcelo chegam para suprir o único setor carente. Após as saídas de Pato e Emerson Sheik, emprestados, era necessário reforçar o grupo.

Fonte: Lancenet

Compartilhar: