Marcelo sofre racismo após gol contra: “tinha que ser preto”

O termo foi utilizado por usuários do Twitter para criticar o lateral pela jogada que definiu o único gol da Croácia no primeiro jogo da Copa do Mundo de 2014

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Apesar da vitória por 3 a 1, a estreia da Seleção Brasileira na Copa do Mundo de 2014 gerou uma repercussão negativa nas redes sociais. Na jogada que definiu o único gol da Croácia no duelo, a bola desviada pelo croata Jelavic tocou o pé do lateral Marcelo e foi direto para o fundo das redes do goleiro Júlio César. Após o lance, internautas usaram o Twitter para atacar o atleta com comentários racistas contendo o termo
“tinha que ser preto”.

“Tira esse Marcelo de campo. Depois vai dizer que sou racista, mas tinha que ser preto”, afirmou um usuário. “Tinha que ser preto para manchar o nome do Brasil”, reforçou outro. “Tinha que ser preto. Depois reclama de racismo, mas só faz merda”, disse um dos internautas. “Se fosse branco não faria uma merda dessas”, comentou outro.

Alguns dos tuiteiros reproduziram comentários feitos por familiares após o lance. “Foi ele que fez o gol contra? Tinha que ser preto! (gente, alguém segura a minha mãe?)”, publicou um deles.

Apesar da maioria racista, houve usuários que citaram o termo para defender Marcelo e condenar o preconceito. “Então os torcedores falaram ‘tinha que ser preto’ no gol do Marcelo, mas não falaram ‘tinha que ser preto’ nos dois gols do Neymar?”, questionou uma internauta.

“Nojo desse pessoal que falou ‘tinha que ser preto’ porque o cara fez gol contra”, lamentou outra. “A meia desse ‘preto’ vale mais do que a tua casa, relaxada”, atacou um tuiteiro. “Branco também erra”, afirmou outro.

Fonte: Terra

Compartilhar: