Marcos Mion escreve texto comovente sobre seu filho especial

Médicos não encontram diagnóstico para a enfermidade de Romeo

Marcos Mion se mudou com a família para Miami para poder tratar melhor do filho. Foto:Divulgação
Marcos Mion se mudou com a família para Miami para poder tratar melhor do filho. Foto:Divulgação

Pai de três crianças, entre de 8 e 3 anos, Marcos Mion usou seu perfil do Facebook na quarta-feira (22) para falar e algo que poucos sabiam: o filho mais velho, Romeo, de 8 anos, é portador de necessidades especiais.

Marcos relatou que procurou médicos nos Estados Unidos para saber o diagnóstico do filho, mas não teve êxito. Para o artista, isso torna o filho uma pessoa singular.

Em seu post, o apresentador do Legendários, da Record, pede para que os pais sempre estimulem seus filhos especiais, lhes dando apoio e amor.

Confira:

“Deus me deu um presente.

Fui um dos escolhidos.
Somos muitos, mas ainda uma minoria.
Se fossemos a maioria, o mundo seria um lugar com muito mais amor incondicional e puro, com mais respeito, paciência e valores.

Quem somos nós?
Famílias abençoadas com uma criança especial.

Sim, nos seus primeiros anos de vida, eu e minha mulher, Suzana, percebemos que nosso filho mais velho, Romeo, é uma criança com dificuldades de desenvolvimento.

Demorou algum tempo para termos essa certeza porque ele não se encaixa em nenhum diagnostico e segue evoluindo e aprendendo no seu ritmo.
Todos especialistas dizem que ele nao é autista, não é asperger, enfim, que ele não é nada além de uma criança que se encaixa na sigla NOS – Not Otherwise Specified, que significa “Sem Outras Especificações”, mas que faz parte do spectrum autista.

E por que é bom ele não se encaixar em nenhum diagnostico?
Porque ele pode ser ele! Com todo seu potencial, seu jeito único, suas características, vitorias e limitações, e não o que um especialista determine que ele seja.

O diagnóstico é a maneira mais eficaz de limitar alguém, de não ver sua beleza e singularidade.

Qualquer criança que pertence ao spectrum, seja qual for a especificação, tem uma luz única, diferente e seu caminho é ilimitado! Peço, de coração, para que os pais nunca parem de acreditar, independente de um rotulo, e estimulem sempre seus filhos especiais, pois eles tem muito a nos ensinar. Eles só precisam de amor e apoio.

Nos, desde seu nascimento, acompanhamos seu desenvolvimento de perto e buscamos os melhores especialistas no Brasil e fora.

Sempre sou questionado do porque fiz a segunda base da minha família em Miami e porque passamos tanto tempo aqui. Essa mudança aconteceu, porque aqui encontramos uma especialista que desenvolveu um método com o qual nos identificamos muito, que foi essencial para entendermos a situação e para o Romeo ter as melhores condições para firmar suas bases de desenvolvimento. Foi um perfeito complemento ao trabalho dos médicos e todos profissionais brasileiros que trabalham com a gente.

Assim, hoje em dia, Romeo vive uma vida normal, na escola, nas atividades, com família e amigos e é amado por todos que o cercam! Estes, alias, os grandes sortudos que, como eu e minha família, tem a felicidade de conviver e aprender todos os dias com um ser humano tão evoluído.

Ele é minha maior inspiração como pai, como ser humano.

Como uma vez ele me disse: ‘Pai, eu sou seu irmão’.
Sim filho, você é meu irmão de alma.

Meu maior orgulho”.

Compartilhar:
    Publicidade