Marido “machão” se esconde em armário da mãe após matar a mulher

Depois de apanhar no boteco, Willis queria que companheira esfaqueasse os agressores

Willis Inácio foi preso dentro do guarda-roupa da mãe após assassinar a mulher, Adriana de Lima Souza.

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

A vizinha afirma ter visto Willis puxar Adriana pelo cabelo até a rua e a golpear com um bloco de concreto.

Adriana foi enterrada na sexta (11), após passar três dias no hospital. O caso ocorreu em Jundiaí, interior de São Paulo.

Segundo as investigações, o “machão” matou a mulher porque ela se recusou a defendê-lo. No dia do crime, ele teria levado uma surra após uma discussão em um bar. Com medo, queria que a Adriana fosse ao boteco e esfaqueasse os agressores.

A vizinha que testemunhou o crime, afirma que os dois filhos do casal presenciaram o assassinato da mãe. Willis e Adriana viviam jutos havia nove anos.

Fonte: R7

 

Compartilhar: