Massagem desportiva: capaz de evitar dores e lesões pós treino

Muito requisitada em Spas por praticantes de atividades físicas, a Massagem Desportiva é altamente benéfica antes e depois dos treinos

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Os primeiros registros de massagem desportiva são encontrados nas antigas culturas gregas e romanas. Os gregos usavam massagem nas Olimpíadas para aliviar dores e aumentar a recuperação muscular dos atletas.

Conheça os benefícios da massagem desportiva:

A massagem desportiva traz vários benefícios para a pessoa tratada. A grande diferença entre amassagem desportiva e a relaxante é o vigor e a velocidade.

A massagem desportiva usa movimentos e manobras mais rápidas e mais fortes para aumentar a circulação sanguínea, o que traz uma recuperação mais eficaz depois de um esforço físico.

Podemos dividir a massagem desportiva em dois campos. O primeiro é aplicado depois um esforço físico para recuperar a musculatura. O segundo é aplicado antes do esforço físico para preparar a musculatura para a tarefa. Enquanto a massagem relaxante libera hormônios que acalmam o corpo como ocitocina e endorfinas, a massagem desportiva, devido aos movimentos mais vigorosos, pode liberar adrenalina, que agita o atleta antes do esforço físico.

Massagem desportiva, indicada para quem?

Indicada para todos que praticam algum tipo de esporte, seja profissionalmente ou por hobby, amassagem desportiva não é usada apenas para relaxar músculos e manter o corpo em harmonia. Quando realizada por um bom profissional, ela pode realçar os benefícios do treinamento, pois aumenta a circulação sanguínea, alonga as fibras musculares e ajuda a eliminar toxinas, como o ácido lático, que se acumulam nos músculos após a prática de exercícios.

Se o atleta não tem tempo suficiente para recuperar a musculatura, ele precisa de um auxílio complementar, como aquecimentos prolongados antes dos treinos, alongamentos ou a massagem.

Esta massagem age nas dores do atleta, e é indicada não só quando se tem lesão, mas ela deve ser realizada principalmente para prevenir lesões.

A massagem desportiva pode ser feita nos dias do treinamento ou em dias intercalados. Após competição serve para relaxar a musculatura que foi sobrecarregada.

Por que fazer?

As principais indicações para o atleta realizar um programa de massagem são: ajudar tanto no relaxamento (pós-treino ou prova), efeito estimulante (pré-treino ou prova), alívio de dores, tratamento de lesões principalmente quando há edema (inchaço) e aderências (tecido cicatricial).

Entre seus principais efeitos, destacamos a diminuição dos riscos de lesão (pois remove produtos metabólicos e catabólitos, aumenta o fluxo de nutrientes e a circulação), melhora a consistência do treinamento, promove cura de lesões, reduz espasmos musculares, promovendo a função muscular normal, estimula a produção de adrenalina, alivia as dores pós-treino e aumenta a confiança, aumentando a vida útil do atleta.

Mesmo que você não seja atleta é interessante conhecer esta técnica terapêutica para melhorar ainda mais seu treino. Certamente seu desempenho será muito melhor e a sua recuperação mais rápida e menos “dolorida”.

Considere a massagem como atividade complementar ao seu treino, tornando-a tão importante quanto a sua alimentação e suplementação.

Fonte: Terra

Compartilhar: