Mateus Solano comemora beijo gay: “Foi um grande passo para sociedade”

Interprete do vilão que acabou bonzinho Félix, ator se emociona ao comentar cena com Thiago Fragoso

Cena foi ao ar no último capítulo de Amor à vida. Foto:Divulgação
Cena foi ao ar no último capítulo de Amor à vida. Foto:Divulgação

 

Prometido em outras novelas da Rede Globo, mas nunca concretizado, o beijo entre dois homens enfim foi ao ar no último capítulo de “Amor à Vida”, nesta sexta-feira (31). Protagonizada por Félix (Mateus Solano) e Niko (Thiago Fragoso), a demonstração de carinho ganhou elogios nas redes sociais e também de todo o elenco da novela.

“Fiz história? Não sei. É tudo tão efêmero. Mas fico feliz porque é uma cena que vai reverberar na sociedade e em outros trabalhos. É um pequeno passo na dramaturgia, mas um grande passo para a sociedade”, afirmou Solano, que se reuniu com os colegas de cena para assistir o último capítulo da trama em uma churrascaria na Zona Sul do Rio de Janeiro.

Thiago Fragoso também comentou o beijo gay. “Foi uma grande realização. Este trabalho foi feito com muito afinco, sensibilidade, e foi coroado com um grande momento”.

Autor da trama, Walcyr Carrasco disse estar “muito feliz” com o resultado do trabalho. “Foi uma marco em termos de quebra de paradigma. Acredito que a novela demonstrou para a sociedade a convivência entre pessoas diferentes”, disse. Segundo Carrasco, exibir no mesmo capítulo a cena de uma criança sendo batizada em uma igreja evangélica e um beijo gay deixa uma mensagem de que “o mundo é para todos”. Ao sair do evento, Walcyr foi aplaudido pelos fãs.

Quem também comemorou o feito histórico foi a atriz Paolla Oliveira. “Parecia final de Copa do Mundo”, disse. “Mas eu acredito que é muito mais amplo que isso [o beijo]. A novela conseguiu gerar polêmica sobre todas as formas de preconceito”, completou.

O ator Sidney Sampaio, que viveu o Elias, disse ter achado “justíssimo” o beijo entre os personagens. “Os dois fizeram um lindo trabalho e mereciam esse marco”. Maria Casadevall, intérprete de Patricia, disse que a cena “é um marco na TV brasileira”. “Achei fantástico”, comentou. Rodrigo Andrade, que fez o papel de Daniel, falou que já “estava mais do que na hora” uma cena de beijo entre dois homens na TV. “Os tabus estão aí para serem quebrados”.

Já Rosamaria Murtinho afirmou que o gesto foi superestimado.”Não tem a menor importância. Tem que encarar como algo normal. Quantos beijos tiveram no fim da novela e ninguém comentou?”, questionou.

Para Elizabeth Savalla, o beijo entre Félix e Niko deixará um legado para as famílias brasileiras. “As mães e pais que possuem filhos gays vão parar para pensar que, além do beijo, tem a coisa bonita que é a relação de amor entre os dois”.

Após a exibição do capítulo final, a Globo divulgou nota sobre o esperado beijo entre Niko e Félix. “Toda cena de novela é consequência da história, responde a uma necessidade dramatúrgica e reflete o momento da sociedade. O beijo entre Felix e Niko selou uma relação que foi construída com muito carinho pelos dois personagens. Foi, portanto, o desdobramento dramatúrgico natural dessa trama. A pertinência desse desfecho foi construída com muita sensibilidade pelo autor, diretor e atores e assim foi percebida pelo público. É importante lembrar que o relacionamento homossexual sempre esteve presente nas nossas novelas e séries de maneira constante, responsável e natural. A cena esteve de acordo com essa premissa e com a relevância para a história”.

Fonte:IG
Compartilhar:
    Publicidade