Matrículas da última chamada do SiSU já começam amanhã

Nas duas primeiras chamadas, 75% das vagas da UFRN foram preenchidas, mas ainda restam 1,2 mil

evento-para-receber-novos-calouros--HD

Diego Hervani

diegohervani@gmail.com

Acontece a partir desta terça-feira (18) e vai até a quinta-feira (20), a matrícula dos alunos selecionados na terceira chamada do Sistema de Seleção Unificada (SiSU) da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN). Está será a última oportunidade para preencher as 1,2 mil vagas que ainda restam.

“Nós não temos mais condições de chamar mais ninguém depois desse prazo, já que as aulas começaram no dia 27. Para conseguirmos preencher o que está faltando, nós chamamos o triplo de pessoas por vaga, ou seja, se um curso tem duas vagas restando, nós chamamos seis pessoas. Assim acreditamos que iremos conseguir completar o quadro de alunos para o semestre”, afirmou o pró-reitor de Graduação da UFRN, Adelardo Medeiros.

O ano de 2014 foi o primeiro que a seleção de alunos para a UFRN foi feita exclusivamente pelo SiSU. Segundo Adelardo Medeiros, tudo ocorreu dentro do planejado e o sistema foi bem aceito em toda a Universidade. “Logo na primeira chamada nós fechamos 60% das vagas da UFRN. Foi um número muito bom e que ficou na média geral do Brasil. Também tivemos um ponto de corte bem alto, o que significa que temos um nível muito bom de alunos. Dos estudantes matriculados, 95% são do Rio Grande do Norte”.

Já o estudante Washington Miranda, calouro do curso de Tecnologia da Informação, destacou alguns problemas encontrados, principalmente no momento da matrícula. “Quando fui me inscrever no SiSU, o sistema estava bem lento, mas isso é normal por causa do número de pessoas acessando. Mas na hora da matrícula, aqui na UFRN, foi bem complicado. Fiquei mais de uma hora na fila, no sol, depois um longo período para ser atendido. A fila era enorme. A UFRN divulgou que só alguns cursos iriam fazer matrículas em determinados dias, mas eles estavam atendendo todos os cursos”.

Ciente da situação, Adelardo Medeiros frisou que o problema serviu como experiência. “Realmente tivemos esse problema pelo alto número de estudantes que vierem fazer a matrícula, principalmente no primeiro dia. Mas isso foi solucionado e não vai mais acontecer”.

Recepção aos novos alunos

Na manhã desta segunda-feira (17), no Auditório Otto de Brito Guerra, localizado na Reitoria da UFRN, aconteceu a recepção dos novos alunos da Universidade. O momento marca o início das atividades acadêmicas da instituição, embora as aulas tenham começado no dia 27 de janeiro.

“Nós realmente fazíamos esse momento no início das aulas, mas como os novos alunos foram chamados pelo SiSU, que tem três chamadas em datas diferentes, resolvemos fazer só agora para conseguir atingir o máximo possível de alunos”, afirmou a pró-reitora de Assuntos Estudantis (PROAE), Janeusa Trindade, que ainda explicou qual foi o objetivo do encontro com os ‘calouros’.

“Na verdade, além de um momento de confraternização dos novos alunos, onde temos uma apresentação musical, esse evento tem como objetivo explicar para os novos estudantes como funciona a Universidade Federal do Rio Grande do Norte. Mostramos os nossos projetos, explicamos qual setor eles devem procurar quando estão precisando de alguma coisa. Mostramos também os projetos que temos em que mandamos estudantes para outros países”.

Além da presença do PROAE, o evento também contou com a participação da Pró-Reitoria de Graduação (PROGRAD), Secretaria de Relações Internacionais e Interinstitucionais (SRI), Comissão Permanente de Apoio a Estudantes com Necessidades Educacionais Especiais (CAENE) e do Diretório dos Estudantes da UFRN (DCE).

Compartilhar: