McDonald’s abre sua primeira loja 100% vegetariana

Na Índia, o sanduíche McAloo Tikki, um hamburguer de massa de batata temperada e frita, é o carro-chefe das vendas

Os hindus, que representam 80% da população da Índia, consideram a vaca um animal sagrado. Foto: EFE
Os hindus, que representam 80% da população da Índia, consideram a vaca um animal sagrado. Foto: EFE

A primeira unidade vegetariana do McDonald’s foi aberta na Índia nos últimos dias. A segunda maior cadeia de lanches rápidos, depois do Subway, costuma elaborar seus cardápios para se adequar aos gostos locais do país e, no caso da Índia, a carne de vaca é proibida aos hindus e a carne de porco ofende os princípios muçulmanos.

Sem hambúrgueres de carne no cardápio, a loja fica próxima ao Templo Dourado, na cidade santa sikh de Amritsar, nordeste da Índia. Depois da inauguração, a cadeia americana planeja abrir outra lanchonete vegetariana em Katra, perto do templo-caverna de Vaishno Devi, na Caxemira indiana – um local de peregrinação que atrai milhares de fieis todos os anos.

O cardápio do McDonald’s na outras unidades indianas já era 50% vegetariano. Seu sanduíche McAloo Tikki, um hamburguer de massa de batata temperada e frita, é o carro-chefe das vendas. Entre os sanduíches à base de frango, o Maharaja Mac também é favorito. A Índia, com sua população de 1,2 trilhão de pessoas, ainda é um mercado pequeno para o McDonald’s, com 271 restaurantes. No mundo inteiro, a empresa tem 33 mil lojas.

O McDonald’s não está sozinho em seu projeto de ”indianizar” seu cardápio. A Domino’s Pizza, outra cadeia de food presente na Índia, criou pizzas com coberturas diversificadas. Mas o crescente consumo de comida rápida e rica em gordura preocupa as autoridades indianas, que temem que a importação de hábitos ocidentais também provoque problemas como obesidade e doenças cardíacas.

 

Fonte: Terra

Compartilhar:
    Publicidade