Meia suíço discorda de prêmio de melhor em campo: “Isso é uma piada”

Jogador suíço discordou da escolha da Fifa após o triunfo de sua seleção sobre o Equador. Mehmedi e Seferovic fizeram os gols da Suíça no jogo

O meia-atacante Shaqiri é vigiado de perto pela marcação equatoriana. Foto: Divulgação
O meia-atacante Shaqiri é vigiado de perto pela marcação equatoriana. Foto: Divulgação

Meia-atacante do Bayern de Munique, o habilidoso Shaqiri foi eleito pela Fifa o melhor jogador em campo na vitória sobre o Equador, pelo placar de 2 a 1, na tarde deste domingo. Porém, a decisão da entidade máxima do futebol não foi acatada pelo jogador, que não se reconheceu como merecedor.

“Isso foi uma piada. Não acho que fui o melhor jogador, claramente. Fiz uma boa partida e estou satisfeito com meu desempenho. Se decidiram isso, é um orgulho para mim. Porém, a felicidade não vem pelo prêmio, mas por termos conquistado os três pontos como uma equipe”, sintetizou.

No embate, Shaqiri desferiu seis chutes na direção do gol e correu 5,2 quilômetros (contra 9,9 da média suíça). Bem marcado na primeira etapa – assim como Stocker e Behrami – o camisa 21 teve boas chances em finalizações à média e longa distância. A melhor delas, aos 27 minutos da segunda etapa, quando atingiu o lado externo da rede.

Fonte: IG

Compartilhar:
    Publicidade