Menina de 14 anos esfaqueia irmã por 40 vezes por ser ‘ingrata’, diz polícia

Após atacar irmã com faca de cozinha, adolescente tomou banho e ligou para a polícia para culpar suposto invasor

Polícia dá coletiva sobre assassinato de menina de 11 anos por irmã de 14 em comunidade na área de Chicago, Illinois. Foto:Divulgação
Polícia dá coletiva sobre assassinato de menina de 11 anos por irmã de 14 em comunidade na área de Chicago, Illinois. Foto:Divulgação

A polícia disse nesta quinta-feira que uma adolescente de 14 anos esfaqueou 40 vezes sua irmã de 11 anos na comunidade de Mundelein, na área de Chicago, no Estado americano de Illinois, informou a rede de TV CNN.

A polícia encontrou a menina de 11 anos ferida em um quarto no andar de cima da casa na manhã de terça-feira após ter sido chamada pela irmã de 14 anos, que inicialmente disse aos investigadores que um invasor era responsável pelo ataque. Por causa do alerta, as autoridades fecharam brevemente três escolas da área.

Mas a verdade, quando surgiu, foi ainda mais chocante. Segundo as autoridades, a garota de 14 anos esfaqueou repetida e fatalmente a vítima, sua meio-irmã, com uma faca de cozinha porque a considerava ingrata. “O incidente é uma tragédia que desafia a compreensão”, disse o prefeito de Mundelein, Steve Lentz.

A polícia recebeu uma ligação para o 911 às 8h30 locais de terça-feira. A adolescente de 14 anos disse ao serviço de emergência que um invasor havia entrado na casa, atacado sua irmã e então fugido, informou a WLS, afiliada da CNN.

Mas a história da adolescente desandou rapidamente. Sob o questionamento da polícia, ela admitiu o ataque, afirmaram autoridades.

A garota contou à polícia que estava brava porque sua irmã não apreciava nada que era feito por ela, disseram promotores na audiência de detenção da suspeita na quarta-feira.

A adolescente contou que cozinhava o jantar para irmã e fazia outras tarefas. Ela também estava irritada porque recentemente a menina de 11 anos havia lhe batido.

Na noite anterior ao ataque, a jovem pensou sobre a possibilidade por 10 a 15 minutos, então foi até o andar de baixo para pegar uma faca, segundo os promotores. Depois do ataque, ela tomou um banho para limpar o sangue, ligou para a polícia e inventou a história do invasor, afirmaram os promotores.

A adolescente de 14 anos foi presa e acusada de assassinato. O caso está em uma corte juvenil e a decisão pode ser tomada de transferi-lo para uma corte para adultos, disse a promotoria.

Fonte:IG

Compartilhar: