Menina de nove anos que teria sido estuprada pelo avô passa por exames

Anotações na Bíblia da criança levaram mãe a descobrir crimes

Homem de 67 anos está foragido há três dias. Foto: Record Minas
Homem de 67 anos está foragido há três dias. Foto: Record Minas

A menina de nove anos que pode ter sido estuprada pelo próprio avô em Uberlândia, no Triângulo Mineiro, passou por exames no Hospital das Clínicas da Universidade Federal de Uberlândia nesta segunda-feira (30). O idoso está desaparecido desde a última semana, quando a mãe da criança descobriu o crime.

De acordo com os médicos, o laudo será entregue até quinta-feira (2) à Delegacia de Proteção e Orientação à Criança e ao Adolescente.

Após a análise, a delegada responsável pelo caso pode pedir a prisão preventiva do suspeito, que sumiu de casa.

A mãe estava com a filha na igreja, na sexta-feira (27), quando se assustou com anotações na Bíblia da criança. Havia frases como ‘transar com meu avô’ e ‘fazer sexo com ele’.

A menina disse que quando os pais saíam para trabalhar, o idoso deitava sobre ela e tentava fazer carícias. Segundo o boletim de ocorrência, a criança conseguiu se soltar e se trancou no banheiro. Ela prestou depoimento e confirmou as agressões à polícia.

 

Fonte: R7

Compartilhar: