Messi vomita outra vez, pede chiclete e técnico vê clima de ansiedade

Craque argentino vem repetindo ato com certa frequencia

Técnico da Argentina entende que Messi passa mal por nervosismo. Foto: Divulgação
Técnico da Argentina entende que Messi passa mal por nervosismo. Foto: Divulgação

Lionel Messi entrou em campo neste sábado aos 12min e, já aos 27min, se sentiu mal e vomitou dentro de campo. O fato ocorreu na vitória da Argentina por 2 a 0, diante da Eslovênia, em La Plata, mas também havia se passado diante da Romênia em março, antes pelas Eliminatórias no último ano, além de mais algumas vezes no Barcelona. Messi chegou a pedir um chiclete ao banco de reservas.

Questionado a respeito do tema, o treinador Alejandro Sabella disse se tratar de uma questão nervosa, e não médica. “Eu não tive a possibilidade de jogar um Mundial. Fui auxiliar de Passarela na França em 98. Mas calculo que nesses momentos a ansidade de que falta pouco…é uma mescla também com os nervos. É difícil manter a tranquilidade”, disse no Estádio Cidade de La Plata.

Personagem do dia mais uma vez, Messi anotou o segundo gol na partida e admitiu que estava de certa maneira incomodado com o banco de reservas, uma opção de Sabella para sete de seus titulares, além de outros com problemas físicos. “Queria entrar, tinha vontade de um jogador um pouco ao menos, como sempre. Terminei bem, estou contente”, disse.

A Argentina tem agora sua última oportunidade de folga antes de viajar ao Brasil para a Copa do Mundo. Os jogadores retornaram de ônibus de La Plata, mas tem o restante de sábado, o domingo e ainda a manhã de segunda-feira livres. Já no retorno, fazem um treinamento e voam para Belo Horizonte, onde darão sequência à preparação para a estreia em 15 de junho, no Rio de Janeiro, diante da Bósnia.

Fonte: Terra

Compartilhar:
    Publicidade