Michael Schumacher sai do coma e deixa hospital na França

Schumacher estava internado desde 29 de dezembro, quando sofreu um acidente de esqui em Meribel

Michael Schumacher estava em coma desde o dia 29 de dezembro; recuperação acontecerá longe dos olhos do público. Foto: Divulgação
Michael Schumacher estava em coma desde o dia 29 de dezembro; recuperação acontecerá longe dos olhos do público. Foto: Divulgação

Michael Schumacher saiu do estado de coma e deixou o hospital de Grenóble (França), onde estava internado desde dezembro. A informação foi divulgada nesta segunda-feira pela assessora de imprensa do ex-piloto, Sabine Kehm, por meio de um comunicado oficial.

Segundo a nota, sua posterior reabilitação “acontecerá distante dos olhos do público”. O heptacampeão de Fórmula 1 deverá ser levado para a Suíça, onde seguirá seu tratamento médico.

A família ainda agradeceu o trabalho de médicos e socorristas nos cuidados a Michael Schumacher. Além disso, disse obrigado “a todas as pessoas que enviaram pensamentos positivos” ao ex-piloto de Jordan, Benetton, Ferrari e Mercedes na F1.

Schumacher estava internado desde 29 de dezembro, quando sofreu um acidente de esqui em Meribel (França).

Confira o comunicado divulgado pela assessoria de imprensa de Schumacher:

“Michael deixou o (hospital) CHU Grenoble para continuar sua longa fase de reabilitação. Ele não está mais em coma.”

“Sua família gostaria de agradecer a todos os médicos, enfermeiros e terapeutas que o trataram em Grenoble, bem como os socorristas que o atenderam no local do acidente, que fizeram um excelente trabalho nestes primeiros meses.”

“A família também gostaria de agradecer a todas as pessoas que enviaram pensamentos positivos a Michael. Estamos certos de que isso o ajudou.”

“Para o futuro, gostaríamos de pedir compreensão, uma vez que sua posterior reabilitação acontecerá distante dos olhos do público.”

Fonte: Terra

Compartilhar: