Michael, um vencedor

O destino impediu toda uma geração de brasileiros, na qual este colunista se insere, de acompanhar as vitórias dominicais de…

O destino impediu toda uma geração de brasileiros, na qual este colunista se insere, de acompanhar as vitórias dominicais de Ayrton Senna, rei das pistas que acabou morrendo antes do que merecia. Mas, em compensação, colocou dentro da Fórmula 1 um jovem quase invencível entre os seus concorrentes.

Michael Shumacher jamais foi só mais um. Durante os anos em que esteve dentro do cockpit dos carros mais velozes do planeta, era o melhor, o mais ousado, o mais rápido. Se dentro das quatro linhas, um dia afirmaram que Pelé era de outro planeta, nas quatro rodas, o extraterrestre foi o alemão.

No Brasil, acabou sendo antipatizado diante da rivalidade criada com seu ex-companheiro de Ferrari, Rubens Barrichello, este sim sempre esbanjando carisma. Em um país carente de ídolos, acabou sendo o responsável por impedir os maiores êxitos daquele escolhido pela torcida para suceder Senna.

Mas, no mundo esportivo, Shumacher tem obrigatoriamente um lugar cativo entre os maiores. Hoje, ao completar 45 anos, o piloto encara mais uma dura batalha, dessa vez por sua própria vida. Em coma após sofrer grave acidente de esqui no dia 29 de dezembro, o alemão corre sérios riscos, mas resiste como apenas os vencedores conseguem.

Quis o destino que, ao contrário de Senna, o melhor piloto que surgiu após o brasileiro tivesse, ao menos, a chance de tentar continuar vivendo. A briga será difícil, claro, mas, dessa vez, até mesmo os brasileiros estarão na torcida por uma nova vitória de Michael. O mundo não merece perder, assim tão cedo, mais um dos seus eternos campeões.

 

PRÉ-CANDIDATO
O que se passa na cabeça do secretário de Segurança do Estado, Aldair da Rocha, em acreditar na possibilidade de se eleger deputado estadual nas eleições deste ano? Nada contra a pessoa do auxiliar da governadora Rosalba Ciarlini, mas a gestão dele na pasta é uma das mais desastrosas já vistas no RN, batendo recordes em todos os tipos de crimes.

HISTÓRICO NEGATIVO
Mas, apesar da onda de assassinatos em todas as regiões potiguares, dos arrastões em residências, dos mais de 3 mil roubos de carros em 2013, o secretário está, sim, cada vez mais decidido a deixar o cargo que ocupa desde o início da administração Rosalba Ciarlini, para se dedicar a campanha política, isso em um Estado onde era um total desconhecido até virar secretário.

FALTA PRIORIDADE
Em tempo: é sempre bom ressaltar que Aldair da Rocha chegou ao Estado com uma respeitada carreira na Polícia Federal, mas, claramente, o governo do Estado jamais priorizou os trabalhos voltados para diminuir a insegurança no Estado. E, para piorar a situação, ainda aceitou ser utilizado como peça política, ao assumir o controle do PTB a pedido da governadora Rosalba Ciarlini.

DESFALQUES
Os outros dois auxiliares do governo potiguar com saída praticamente certa dos cargos são Leonardo Rêgo, da pasta de Recursos Hídricos, e Rogério Marinho, do Desenvolvimento Econômico. O primeiro deve assumir o espaço do pai, o atual deputado estadual Getúlio Rêgo, enquanto o segundo vai novamente disputar um mandato na Câmara Federal.

OUTROS NOMES
Alguns secretários municipais do prefeito Carlos Eduardo Alves também devem deixar seus cargos até abril para participar do pleito este ano. Os primeiros da lista são o chefe da Casa Civil, Sávio Hackradt, e o secretário de Serviços Urbanos, Raniere Barbosa. O primeiro é cotado para disputar uma vaga de deputado federal. O segundo pode brigar pela Assembleia.

PARA A HISTÓRIA
O mundo está perto de perder mais um dos seus personagens históricos. O ex-primeiro ministro de Israel,  Ariel Sharon, em coma desde 2006, quando sofreu um acidente vascular cerebral, está com sua saúde em franco declínio, conforme relato de médicos responsáveis pelo seu tratamento. Ariel tem 85 anos, e foi dele a decisão de retirada unilateral dos israelenses da Faixa de Gaza.

É FESTA
Para quem gosta de folia, o primeiro final de semana do ano será movimentado. Na praia de Pirangi, as arenas Ecomax e Circo da Folia abrem suas portas para Thiaguinho, Péricles e Sambô (no caso da primeira) e para a Trivela do Asa (a segunda). Enquanto isso, em Pipa, o show fica por conta de Lulu Santos. Todos neste sábado (04). E o veraneio está apenas começando.

GAROTADA
Começa hoje a 45ª edição da Copa São Paulo de Juniores, principal torneio sub-20 do Brasil e responsável por revelar diversos talentos do futebol nacional durante os últimos anos. Em 2014, dois clubes potiguares participam do torneio: o Alecrim, atual campeão estadual da categoria, e o América, que ficou com o vice-campeonato. Boa sorte aos dois.

 

GIRA MUNDO

Em destaque na Folha de São Paulo de hoje, está o novo livro escrito pelo sismólogo José Alberto Vivas Veloso, denominado “O Terremoto Que Mexeu com o Brasil”. A obra conta a história dos movimentos de terra no país e coloca em destaque justamente o desastre registrado na cidade de João Câmara, no interior potiguar, no ano de 1986, quando cerca de 4 mil construções foram danificadas e 26 pessoas ficaram desobrigadas, após um tremor de magnitude 5,1. O livro custa R$ 60,00 e é da editora Thesaurus Editora. Este ano, os tremores voltaramao RN, dessa vez na cidade de Pedra Preta (foto).

Compartilhar: