Técnicos do Ministério da Integração auxiliarão na recuperação da área afetada

A Prefeitura do Natal publicou na edição do Diário de Natal do Município desta segunda-feira (16), o decreto do estado de calamidade em função das chuvas

10402432_648733101871222_5647494175232495708_n

O Ministro da Integração Nacional, Francisco Teixeira informou ao prefeito Carlos Eduardo que chegam a Natal nesta segunda-feira (16) à noite a Natal, um engenheiro e um geólogo da secretaria Nacional de Defesa Civil para colaborar com os técnicos locais na solução do problema causado pelas chuvas no bairro de Mãe Luiza e na comunidade do Jacó, que deixaram cerca de 100 famílias desabrigadas.

A Prefeitura do Natal publicou na edição do Diário de Natal do Município desta segunda-feira (16), o decreto do estado de calamidade em função das chuvas. A medida facilitará o aporte de recursos para a solução definitiva da Rua Guanabara. O prefeito tranquilizou a população da Rua Guanabara e prometeu agilidade nas ações do Poder Público para minimizar os impactos causados pelas chuvas que causaram grandes transtornos para a população natalense. “Vamos buscar uma solução definitiva para as questões do saneamento básico e da drenagem da região. O decreto de situação de calamidade vai agilizar todo esse processo”, afirmou Carlos Eduardo.

As fortes chuvas que caíram na cidade na sexta-feira (13) e sábado (14) causaram o rompimento de tubulação de drenagem e esgotamento sanitário, destruindo a escadaria que liga a Rua Guanabara à praia de Areia Preta e causando uma erosão na Rua Guanabara e provocando a retirada dos moradores do local e a interdição da rua. Por precaução a Defesa Civil do Município e o Corpo de Bombeiros, evacuaram dois edifícios de Areia Preta.

Um grupo técnico da UFRN formado pelos professores Ricardo Severo, Ricardo Amaral e Dulce Bentes esteve na área no domingo, a pedido da Prefeitura, analisando a situação. Por sugestão dos técnicos está sendo feito um monitoramento diário da área por um engenheiro da Prefeitura e foi suspensa a retirada do material que caiu sobre a avenida Silvio Pedroza. Eles consideraram temerário mexer naquele material que está servindo de contenção da encosta até que o terreno se estabilize.

As famílias desabrigadas estão alojadas em casas de parentes, amigos e abrigos providenciados pela Prefeitura do Natal que está fornecendo toda a assistência necessária. Uma campanha de doações de donativos teve grande adesão dos natalense, que doaram roupas, calçados, colchões, material de higiene pessoal, toalhas, fraldas, material de limpeza e alimentos que estão sendo distribuídos às famílias atingidas A área do acidente foi isolada e o trânsito segue interditado na avenida.

As medidas a serem adotadas pela Prefeitura são:

1. Apoiar socialmente a população local atingida.

2. Restabelecer os serviços de água e energia nos locais onde eles foram afetados.

3. Estabelecer uma equipe de engenheiros para monitorar a área de Mãe Luiza onde aconteceu o evento mais grave.

4. Notificar os síndicos dos dois prédios evacuados na praia de Areia Preta para que apresentem laudos técnicos sobre as condições de cada um deles, assinados pelos engenheiros que projetaram e executaram as obras.

5. Aguardar a evolução do processo de erosão que está se estabilizando naturalmente.

6. Trabalhar na execução de um projeto definitivo para a área de Mãe Luiza que restabeleça não só a via, mas também as casas atingidas.

Compartilhar: