Ministro Aldo Rebelo recebe título de cidadão potiguar na Assembleia

Rebelo recebeu título nesta terça-feira, das mãos do presidente da Casa, deputado Ricardo Motta

assembleia_cor

O ministro do Esporte, Aldo Rebelo, foi homenageado na Assembleia Legislativa nesta terça-feira, com o título de cidadão do Rio Grande do Norte, pelo presidente da Assembleia Legislativa, deputado Ricardo Motta (PROS). A homenagem ao ministro, que esteve em Natal nesta terça para visitar obras, foi consequência da trajetória dele, de dignidade e de luta democrática. “Uma jornada construída por resistência, tenacidade, destemor e talento natural. Um longo caminho iniciado nas espinhosas veredas do sertão nordestino”, como lembrou o presidente da Casa.

“Sou intérprete de um reconhecimento coletivo e o faço, tenha certeza, em nome de todos os meus colegas parlamentares da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte. Um cidadão é a grandeza de sua postura, é a pujança de sua vocação, é a marca da luta cravada no peito e na alma pelas grandes causas nacionais. Eis o homem público Aldo Rebelo que homenageamos neste dia histórico para a Casa do Povo potiguar, guardiã de nossas liberdades e pluralidades”, afirmou Ricardo Motta, propositor da homenagem.

O deputado disse ainda que no seu contato direto com os mais simples, homens e mulheres anônimos e cheios de lições práticas de vida a nos ensinar, tem um ponto de vista pessoal: o ser humano de verdade, carrega ao longo da vida uma coleção de sentimentos que moldam sua visão de mundo a partir de experiências próprias, sejam elas de sacrifício, sofrimento, glórias ou consagrações.

“Digo isto para tentar resumir, em breve espaço de tempo, a relação entre a vida pessoal do nosso ministro e homenageado e a construção de cada pilar de sua trajetória de militância incansável e vitórias merecidas. José Aldo Rebelo Figueiredo é um nordestino autêntico, é sertanejo genuíno, nascido em Viçosa, Alagoas, na fazenda Maria Lia”, afirmou.

Ao final da sua saudações, Ricardo Motta registrou o desempenho decisivo de Aldo Rebelo para a realização da Copa do Mundo em Natal. “Faço questão de registrar, por dever de justiça: se nós teremos a Copa do Mundo em Natal, muito devemos ao apoio, ao companheirismo e à confiança do ministro Aldo Rebelo, decisivo como um artilheiro de verdade. Ele nos ajudou, foi parceiro, defendeu nossa causa”.

José Aldo Rebelo Figueiredo, nascido em Viçosa (AL), em 23 de fevereiro de 1956, é escritor, jornalista e deputado federal eleito por São Paulo seis vezes, sempre pelo Partido Comunista do Brasil. Com mais de 30 anos de trajetória política, Aldo Rebelo foi presidente da Câmara dos Deputados e da CPI da CBF/Nike, ministro da Coordenação Política e líder do governo e do PCdoB na Câmara. Assumiu o Ministério do Esporte em 31 de outubro de 2011.

Antes de agradecer a homenagem Aldo Rebelo destacou o empenho do povo potiguar que ajudou ao País a construir a sua história. ”O Rio Grande do Norte é berço do pioneirismo de vários acontecimentos do Brasil”. Falou sobre as ações de Nísia Floresta, Almino Afonso. e Luiz da Câmara Cascudo na construção da identidade nacional

Agradecendo pelo título de cidadania que recebeu, o ministro Aldo Rebelo disse que é “uma honra e responsabilidade que levarei pelo resto da minha vida. Carregarei a responsabilidade de honrar, como cidadão honorário, a história de um Estado fecundo e viril na formação da civilização nacional. Muito obrigado ao Rio Grande do Norte. que o destino me faça merecedor do carinho, da homenagem e da honraria que me prestaram”.

Participaram da solenidade a governadora do Estado, Rosalba Ciarlini; o ministro da Previdência Social, Garibaldi Filho: a deputada federal Fátima Bezerra e representantes de vários segmentos do poder público.

Deputado quer disciplina de Políticas Públicas para os jovens

O deputado Fábio Dantas (PcdoB) afirmou, durante sessão plenária desta terça-feira (29) que vai apresentar um Projeto de Lei sugerindo que as políticas públicas voltadas para os jovens sejam tema de disciplina obrigatória nas escolas do Rio Grande do Norte. Para o parlamentar, fornecendo esse tipo de conhecimento, as crianças e adolescentes do Estado vão crescer mais conscientes dos seus direitos e deveres. “Acredito que ao saber como funciona a máquina pública, os jovens terão mais condições de fazer cobranças quanto às questões de saúde, educação, segurança, cultura, entre outros assuntos”, declarou.

Na opinião do deputado, muitos jovens evistam os debates em torno de políticas públicas por falta de conhecimento. “Se esses jovens puderem olhar um Orçamento Geral do Estado com mais segurança, com conhecimento, terão condições de debater e não deixarão essa discussão apenas nas mãos da classe política”, afirmou.

ENDIVIDAMENTO

Durante seu pronunciamento, o deputado lembrou a audiência pública realizada na sexta-feira passada (25), cujo tema foi o “endividamento rural e seus efeitos”. Fábio Dantas falou sobre o relato dramático de muitos produtores rurais e de suas queixas com relação ao Banco do Nordste. “Uma das coisas que achei mais absurdas foi saber que o Banco do Nordeste não forrnece ao produtor rural o extrato de seu endividamento. Muitos entram na Justiça para saber quanto estão devendo ao banco”, disse o deputado.

PAUTA TRANCADA

O deputado Fábio Dantas sugeriu que os demais parlamentares da Casa não votem projetos encaminhados pelo Governo do Estado até que os problemas relacionados à saúde pública sejam priorizados pelo Estado. Fábio trouxe ao plenário a situação do Pronto Socorro Adulto do Hospital Regional Monsenhor Antônio Barros, em São José de Mipibu, que terá suas obras de reforma suspensas temporariamente a partir desta quarta-feira (30).

Compartilhar:
    Publicidade