Miséria exposta

Dezenas de famílias estão espalhadas pela cidade, na busca por um Natal melhor. São seres humanos na esperança de que…

Dezenas de famílias estão espalhadas pela cidade, na busca por um Natal melhor. São seres humanos na esperança de que o espírito vindo com as festas de final de ano aflore, mais uma vez, a caridade das pessoas e que, como em anos passados, a população faça doações em massa para amenizar um pouco o sofrimento dessas pessoas, tão carentes de quase tudo.

Muitas dessas famílias vieram do interior ou de bairros da periferia aqui de Natal mesmo. Uma realidade lamentável e que expõe, aos olhos da sociedade, o quanto estamos longe de atingirmos um nível aceitável de desenvolvimento.

São fatos como esse que denunciam a falha de programas sociais ou das propagandas midiáticas de todos os governos. Para essas pessoas, faltam saúde, emprego e, principalmente, educação. Sem isso, elas jamais conseguirão sair do patamar de pobreza onde estão inseridas; não haverá bolsa família que dê jeito. A cena se repetirá e poderá até piorar com o passar dos anos.

Nos casos em questão, o problema é ainda mais grave porque com essas famílias estão muitas crianças, todas em situação de risco, que devem ser protegidas pelo poder público. Mas, como fazer isso se, além de não ter um abrigo, também não existem escolas em boa qualidade, não há como ensinar um ofício a esses pais de famílias e, muito menos, encontrar um emprego para eles?

Como a Prefeitura sempre costuma fazer é mais fácil lavar as mãos e deixar o tempo passar, para que essas pessoas voltem as suas vidinhas condenadas ao subdesenvolvimento. Enquanto o país continuar acreditando em um falso avanço social, não haverá fim da miséria, mas apenas a proliferação de dependentes da boa vontade dos nossos governantes e, também, da parte da população mais abastada. Imagine se o Brasil não estivesse entre as maiores economias do mundo.

 

MOTOSSERRA
Após muita insistência deste JH e depois da repercussão nos demais órgãos de imprensa do RN, a Prefeitura suspendeu o corte de árvores nas regiões que estão em obras da cidade. Centenas delas já foram arrancadas pelo pé. Agora prometem um estudo técnico sobre a retirada dos galhos e o replantio. Antes tarde do que nunca.

FALTA DO QUE FAZER
Nunca antes na história deste país, parafraseando o ex-presidente Lula da Silva, existiu manifestação mais sem sentido do que a dos “Pintas” natalenses. Ora, o Midway em mais de 10 anos jamais barrou nenhum deles, mas, quem entra para criar confusão dentro do estabelecimento, como estavam acontecendo nos últimos meses, devem sim ser impedidos de entrar. O shopping é um local privado e suas regras precisam ser cumpridas.

NEGÓCIOS
Até agora a direção da TV Ponta Negra ainda não se pronunciou oficialmente, mas desde o final da tarde de ontem são cada vez mais fortes as notícias sobre a decisão da família do ex-senador Carlos Alberto de Sousa de vender o controle administrativo da emissora. Um grupo cearense teria adquirido o controle majoritário do veículo. Apenas a ex-prefeita Micarla de Sousa teria sido contra o negócio. As posições das irmãs Priscila e Rosy e da mãe Miriam acabaram prevalecendo.

ESTREIA
E já que o assunto é comunicação, é grande a expectativa para o início dos trabalhos da TV Esporte Interativo Nordeste. A nova emissora, com profissionais potiguares, também transmitirá os jogos do nosso campeonato estadual para todo o país. Ponto positivo para o esporte do RN.

DE OLHO NA CABELEIRA
Nada mais irônico do que assistir ao discurso do presidente do Senado, Renan Calheiros, exibido ontem em rede nacional, justamente às vésperas do Natal e em meio a toda a polêmica envolvendo o seu voo no avião da FAB rumo ao implante capilar. O parlamentar enalteceu os projetos aprovados no Congresso e, sorridente, disse que a classe política atendeu as reivindicações populares de 2013.

MOVIMENTAÇÃO
Jornalistas e turistas de várias partes do mundo já começam a entrar em contato com hotéis e pousadas em Natal, na busca por uma vaga para passar alguns meses em 2014, durante a Copa do Mundo. Por enquanto, ainda há espaços, mas já se começa a sentir a dificuldade na procura por reservas. Previsão é mesmo que o ano novo seja de superlotação na cidade.

ENTÃO É NATAL
Este colunista, envaidecido, não poderia deixar passar a oportunidade de agradecer as dezenas de mensagens natalinas recebidas nos últimos dias. Foram tantas que é impossível citar todos neste pequeno canto de página. Para não esquecer ninguém, prefiro dizer apenas muito obrigado e desejar tudo em mais uma noite iluminada.

FELICIDADES
Aproveitando, aos fiéis leitores da coluna e também aos que acompanham este jornalista em suas aventuras pela internet por meio do ampliandoanoticia.com.br ou na TV, no programa Pensando Bem, gostaria de desejar uma Natal recheado de muita paz, saúde e felicidades, cercado por familiares e sinceros amigos. Que este momento seja, mais uma vez, de reflexão, para os tantos problemas enfrentados no ano. Feliz Natal!

GIRA MUNDO

Quando a gente pensa que chegou ao fundo do poço em matéria de insegurança, sempre surge algo pior. No Maranhã, presos estão estuprando mulheres e irmãs de outros detentos durante as visitas íntimas. Caso contrários, os mesmos acabam mortos dentro da prisão. O fato desumano e macabro foi constatado pelo Conselho Nacional de Justiça, que está cobrando uma ação por parte da governadora Roseana Sarney, para resolver a situação.

Compartilhar: