Mitos e verdades sobre suplementos vitamínicos e nutracêuticos

Esses produtos seguem a dosagem recomendada pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA)

Nenhum suplemento vitamínico ou nutracêutico engorda por si só. Foto: Divulgação
Nenhum suplemento vitamínico ou nutracêutico engorda por si só. Foto: Divulgação

A cada dia aparece uma novidade no mercado de suplementos vitamínicos e nutracêuticos. São centenas de versões de pílulas para tratar das unhas, cabelo, celulite, bronzeado, elasticidade da pele, entre muitas outras coisas.

Para responder algumas dúvidas sobre esses produtos, conversei com a nutricionista Daiana Amarante, da marca Sundown Naturals. Ela comenta os principais mitos e verdades sobre o assunto.

Qual a diferença entre suplementos e nutracêuticos?

Os suplementos contêm apenas uma substância, como zinco, betacaroteno, selênio, entre muitas outras. Os nutracêuticos em geral combinam diversos ingredientes em uma única cápsula. Exemplo: os produtos da Sundown Naturals são suplementos vitamínicos, pois levam apenas um ingrediente, já os produtos da Innéov, marca da L’Oréal, são nutracêuticos, pois combinam vários princípios ativos em um só produto.

Suplementos e nutracêuticos engordam?

Não. Nenhum suplemento vitamínico ou nutracêutico engorda por si só. Acontece que, algumas cápsulas de óleo, quando não administradas da maneira correta (geralmente devem ser aliadas a atividade física e dieta), podem somar calorias ao final do dia, por isso o ideal é seguir sempre as recomendações da bula.

É verdade que não posso tomar mais que dois suplementos por dia?

Não. Esses produtos seguem a dosagem recomendada pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA), ou seja, as cápsulas levam uma quantidade segura de cada substância e não têm risco de superdosagem. Mas o ideal é fazer uma avaliação com nutricionista antes de tomar qualquer um desses produtos, muitas vezes você nem precisa de determinada substância, pois a ingere em quantidades satisfatórias através da alimentação.

Os suplementos de betacaroteno e licopeno substituem o protetor solar?

Não. Apesar agregarem proteção à pele, pois são antioxidantes e combatem os radicais livres, responsáveis pelo envelhecimento cutâneo e morte celular, eles não substituem, de forma alguma, o uso de protetor solar.

Esses produtos têm alguma contraindicação?

Sim. Pessoas alérgicas a frutos do mar, por exemplo, não podem tomar suplementos como o Ômega 3 e outros óleos derivados de peixe. Os suplementos proteicos, como colágeno, aminoácidos e outros, também não são recomendados para pessoas com problemas renais. Consulte sempre um especialista para verificar qual produto é mais adequado às suas necessidades.

 

 

Fonte: Veja

Compartilhar:
    Publicidade