Montagens de arquibancadas do Itaquerão param por falta de segurança

A Fast Engenharia, empresa responsável pela implantação dos assentos, confirmou ter recebido a notificação e informou que nesta terça-feira realizará a análise técnica das solicitações da Delegacia Regional do Trabalho

Fabio Hamilton da Cruz foi levado para o hospital Santa Marcelina, mas não sobreviveu. Foto: Divulgação
Fabio Hamilton da Cruz foi levado para o hospital Santa Marcelina, mas não sobreviveu. Foto: Divulgação

A montagem das arquibancadas provisórias da Arena Corinthians está suspensa até que sejam instaladas proteções contra queda de operários que atuam em locais altos. A determinação partiu de auditores fiscais da Superintendência Regional do Trabalho e Emprego de São Paulo e é por prazo indeterminado.

A Fast Engenharia, empresa responsável pela implantação dos assentos, confirmou ter recebido a notificação e informou que nesta terça-feira realizará a análise técnica das solicitações da Delegacia Regional do Trabalho. Em seguida, fará pronunciamento sobre o caso e suas consequências no cronograma da obra.

O ex-presidente corintiano Andrés Sanchez, responsável pelo acompanhamento da obra, reagiu com ironia e irritação ao ser indagado sobre a paralisação dos trabalhos. “Não vai ter Copa do Mundo no estádio do Corinthians, você não está sabendo?” A reportagem repetiu a pergunta, e Andrés disse que não falaria sobre o assunto.

Andrés participou nesta segunda-feira no Parque São Jorge de reunião do Conselho Deliberativo do Corinthians e prestou esclarecimentos sobre a obra. Aos conselheiros, ele garantiu que a inauguração do estádio não vai atrasar. “Ele nos informou que a parte que foi interditada é pequena. O resto da obra continua”, disse o conselheiro Luiz Cezar Leão Granieri.

Fonte: Estadão

Compartilhar: