Moradores do Bom Pastor começam a ser atendidos por carro-pipa da Caern

Conselho Comunitário também quer isenção nas contas de água por 3 meses

Falta-de-agua-no-conjunto-Monte-Belo---Bom-Pastor-HD

Marcelo Lima

Repórter

Os moradores do Bom Pastor, na zona Oeste de Natal, que estão convivendo diariamente com a falta de água em suas residências, causada pelas obras de mobilidade urbana, conseguiram um entendimento com a Caern. Depois de dois dias de manifestações, eles tiveram a garantia por parte do órgão, de um carro-pipa para a região mais afetada pela falta d’água no bairro: o quarteirão entre as ruas Sampaio Correia, Henrique Dias, Lima e Silva e Capitão-mor Gouveia. Além disso, a Caern vai substituir a rede local.

A programação de abastecimento na manhã desta sexta-feira (28) foi interrompida porque o carro-pipa foi usado no incêndio em uma fábrica de colchões na região Oeste. Mas, segundo o chefe da unidade de gestão de águas Natal-Sul da Caern, Jacques Pinheiro Gomes, o abastecimento voltará ao normal assim que o equipamento ficar disponível.

Há três meses o problema de falta d’água no bairro da zona Oeste se agravou. “As pessoas trabalham o dia todo e quando chega à noite não dormem para pastorar a água”, disse o líder do movimento Natal Agora, Jailson Soares, que também é morador do Bom Pastor. “Isso quando a água vem, porque em algumas noites não chega”, completou.

De acordo com a liderança, um dos piores episódios de falta d’água ocorreu no dia 25 dezembro passado. “Com certeza isso também é um dano moral”, classificou Soares. É por esse motivo que, além de exigir que carros-pipa abasteçam as casas afetadas pela falta d’água, o Conselho Comunitário quer que as contas d’água de moradores afetados, com valor abaixo de R$ 100, sejam isentas. Seria uma forma de restituir o dano material e moral dos clientes da Caern prejudicados, explicou Jailson Soares.

De acordo com Jacques Pinheiro Gomes, da Caern, a questão da isenção sequer foi levantada na reunião. “Nisso é preciso ter cautela. É claro que não teve um serviço e fica complicado ser cobrado. Mas agora a prioridade é resolver o problema do abastecimento”, declarou.

Ainda segundo Jacques, a Companhia pretende substituir a rede de abastecimento no quarteirão afetado. A previsão é que até a próxima quinta-feira, o serviço esteja pronto. “Se a gente conseguir normalizar o abastecimento até lá, não vai mais precisar de carro-pipa”, acrescentou.

A Caern também vai tentar outro ponto de reabastecimento do carro-pipa no bairro Dix-sept Rosado, ao invés de Potilândia onde está sendo feito atualmente. Isso economizaria tempo no atendimento das casas.

O Conselho Comunitário também pretende procurar a Promotoria de Defesa do Consumidor para auxiliá-los no caso. No dia do encerramento do prazo dado pela Caern para a conclusão do serviço de melhoramento da rede, os moradores se reunirão com a companhia.”Na próxima quinta-feira, vamos ter uma reunião de avaliação”, informou Jailson.

Só depois de muita pressão, foi possível fazer a Caern se comprometer, de fato, com a problemática enfrentada pelos moradores do Bom Pastor. “Antes de ontem, paramos o trem com uma queima de pneus. Mas ontem conseguimos conter os moradores e ficamos lá com carro de som e fomos recebidos pelo diretor”, contou o líder do movimento Natal Agora.

Compartilhar:
    Publicidade