Morre aos 66 anos no Rio o ator José Wilker – eterno Roque Santeiro

As causas do óbito ainda não foram divulgadas pelos familiares e hospital

65uy54y34y43y4y4

O ator José Wilker, de 66 anos, morreu esta manhã em sua casa no Rio de Janeiro. Ele deixa as filhas Isabel, Mariana e Madá Wilker. Ainda não há informações oficiais sobre a causa da morte, mas suspeita-se de infarto.

Faleceu na manhã deste sábado (05), em sua casa no Rio de Janeiro, o ator José Wilker.

Wilker teria morrido em decorrência de um infarto, informação a qual ainda não é oficial. Ele deixa as filhas Isabel, Mariana e Madá Wilker.

A última aparição pública de José Wilker foi no evento “Vem Aí”, gravado na última quarta-feira (02) e exibido na quinta (03). Ele inclusive brincou com Tatá Werneck. Os dois integraram o elenco de “Amor à Vida”, última novela que Wilker atuou.

Sua carreira no cinema também foi bastante extensa, o que lhe garantiu conhecimento e respaldo para participar de coberturas de eventos como as do Oscar.

Carreira: José Wilker começou a carreira como locutor de rádio no Ceará, onde nasceu, e se mudou para o Rio de Janeiro aos dezenove anos.

Seu primeiro filme foi em 1965, “A Falecida” com uma participação não creditada. Ele trabalhou com Fernanda Montenegro, a protagonista. Em 1979, esteve no elenco do filme “Bye Bye Brasil” e em 1985, no elenco de “O Homem da Capa Preta”.

Estreou nas novelas em 1971, em “Bandeira 2″, de Dias Gomes, na Globo. Fez muito sucesso com a novela “Roque Santeiro” na qual deu vida ao personagem-título junto com Regina Duarte e Lima Duarte. Em 1987, se transfere para Rede Manchete, onde dirige o departamento de dramaturgia da emissora, mas em 88, volta para a Globo. Entre 1997 e 2002, dirigiu boa parte dos episódios do “Sai de Baixo”, além de ter participado de um dos episódios do programa, em 1998.

Interpretou personagens célebres na televisão, como Giovanni Improta, na novela “Senhora do Destino” e o ex-presidente Juscelino Kubitschek na minissérie JK. Em 2012 cai na boca do povo com o personagem Jesuíno Mendonça na novela “Gabriela”. O personagem foi marcado pelo bordão “Vou lhe usar”, que se tornou febre nas redes sociais.

No ano seguinte, narra a chamada da novela “Amor à Vida”, e no meio da trama entra no elenco como o personagem Herbert, no que seria sua última trama na TV.

 

 

Fonte: O Globo

Compartilhar:
    Publicidade