Morre aos 74 anos o músico Phil Everly, da dupla Everly Brothers

Os irmãos Everly formaram uma das duplas mais influentes da história do rock and roll

Phil Everly fala durante cerimônia na Calçada da Fama, em Hollywood, Los Angeles (Estados Unidos). Foto: Divulgação
Phil Everly fala durante cerimônia na Calçada da Fama, em Hollywood, Los Angeles (Estados Unidos). Foto: Divulgação

O músico country Phil Everly, da influente dupla dos anos 1950 The Everly Brothers, morreu nesta sexta-feira (3) aos 74 anos em Burbank (Califórnia, Estados Unidos) por decorrência de uma doença pulmonar, informou sua mulher, Patti Everly, ao jornal “Los Angeles Times”.

“Estamos absolutamente abalados, ele lutou muito”, disse a viúva, que explicou que a doença de seu marido foi consequência de toda uma vida de fumante.

Os irmãos Everly formaram uma das duplas mais influentes da história do rock and roll e fizeram bastante sucesso no final dos anos 1950 e no início da década seguinte.

As preciosas harmonias dos irmãos Phil e Don, 76, influenciaram de forma notável grandes nomes da história da música como os Beatles, os Beach Boys e o grupo The Byrds.

Entre seus temas mais conhecidos estão “Cathy’s Clown”, “Wake Up Little Susie”, “Bye Bye Love”, “When Will I Be Loved” e “All I Have to Do Is Dream”.

O grupo norueguês A-ha fez bastante sucesso na década de 1990 com a regravação de um dos clássicos da dupla, “Crying in the Rain”.

No último mês de dezembro, os irmãos Everly voltaram a ser notícia quando o vocalista do Green Day, Billie Joe Armstrong, se juntou à cantora Norah Jones para lançar o álbum “Foreverly”, uma reinterpretação do disco “Songs Our Daddy Taught Us” dos Everly Brothers, gravado em 1958.

 

Fonte: Uol

Compartilhar: