Morre segundo político durante a campanha de 2014 também em acidente

Após a morte de Campos, deputado do ES morreu nesta quarta em consequência de um acidente automobilístico

No dia 13 agosto, Fernanda Aguilar Coelho, esposa do deputado, postou foto do casal no Facebook para dar força ao marido. Foto: Divulgação
No dia 13 agosto, Fernanda Aguilar Coelho, esposa do deputado, postou foto do casal no Facebook para dar força ao marido. Foto: Divulgação

Dez dias após sofrer um acidente de carro e ficar internado no interior do Espírito Santo, o deputado estadual Glauber Coelho (PSB) morreu na manhã desta quarta-feira (20).

Ele é o segundo político vítima de acidente durante a campanha de 2014. Na semana passada, um acidente de avião vitimou o ex-governador de Pernambuco e candidato à Presidência da República Eduardo Campos (PSB).

Após o acidente de Campos, foi revelado que já ocorreram quatro acidentes (um de avião e outros três automobilísticos) envolvendo políticos durante a campanha de 2014. Os acidentes ocorreram em São Paulo, Espírito Santo e Maranhão. Foi registrado também um acidente de carro na pré-campanha, com um deputado federal paulista, também em São Paulo.

A morte de Coelho foi confirmada na manhã desta quarta pelo próprio PSB. No domingo dia 10 de agosto, Coelho sofreu um acidente automobilístico na localidade de Pacotuba, zona rural de Cachoeiro de Itapemirim, na qual ele teve compromissos de campanha. Ele estava em seu primeiro mandato e em campanha rumo à reeleição.

Desde então, Coelho permaneceu hospitalizado no Centro de Tratamento Intensivo do Hospital Evangélico de Cachoeiro de Itapemirim. Na sexta-feira (15) da semana passada, os médicos detectaram um edema cerebral no deputado. Ele também passou por uma traqueostomia mas não vinha apresentando melhoras significativas.

Coelho estava no primeiro mandato como deputado estadual e era o 2º vice-presidente da Mesa Diretora da Assembleia Legislativa do Espírito Santo. O parlamentar tinha 40 anos, nasceu em Cachoeiro de Itapemirim, era casado e tinha uma filha de dois anos e três meses.

Fonte: IG

Compartilhar:
    Publicidade