Motorista baleado em tentativa de assalto na Grande Natal passa bem

Essa foi a segunda vez em menos de uma semana que um motorista de ônibus foi alvo da violência no RN

Nova vítima dos bandidos no RN foi o motorista Carlos Benedito de Souza, que está internado no Deoclécio Marques. Foto: José Aldenir
Nova vítima dos bandidos no RN foi o motorista Carlos Benedito de Souza, que está internado no Deoclécio Marques. Foto: José Aldenir

Uma tentativa de assalto a um ônibus de turismo da empresa Samistur, na noite dessa terça-feira (19), próximo ao município de Goianinha, quase terminou em mais um tragédia. O motorista do transporte, identificado como Carlos Benedito de Souza, de 52 anos, foi baleado depois de não obedecer a ordem dos bandidos para que ele parasse o veículo.

A vítima foi atingida no tórax, mas vem se recuperando bem depois de passar por uma cirurgia no Hospital Deoclécio Marques, em Parnamirim. “Ele passou por uma cirurgia na região torácica para a retirada da bala que tinha ficado alojada e também para costurar alguns órgãos que foram atingidos. Agora ele já está na enfermaria, o que é um bom sinal. Dentro do quadro, ele vem se recuperando bem do ocorrido”, destacou boletim divulgado pelo hospital.

O crime aconteceu na noite dessa terça-feira (19), nas proximidades do município de Goianinha, na BR-101, distante cerca de 50 km de Natal. De acordo com a polícia, dois homens se aproximaram do ônibus em um Ford EcoSport de cor prata. Eles pediram para que o motorista parasse o veículo, mas o condutor não obedeceu. Diante da negativa, a dupla atirou contra o transporte coletivo. Um dos disparos acertou Carlos Benedito e outro atingiu o vidro frontal. Os criminosos desistiram do assalto depois que um segurança que estava no ônibus revidou atirando contra os suspeitos.

Cerca de 40 comerciantes do estado do Pará estavam no veículo. O grupo viajava de Santa Cruz do Capibaribe, em Pernambuco, para Fortaleza, no Ceará. A Polícia Militar realizou diligência na região, mas não encontrou nenhum dos suspeitos.

Essa foi a segunda vez em menos de uma semana que um motorista de ônibus foi alvo da violência no Rio Grande do Norte. Na última sexta-feira (15), Francisco Izaque, de 37 anos, foi morto depois de ser baleado em um assalto na linha 8, que fazia o trajeto Natal/São José do Mipibu. Quando estava passando por Parnamirim, dois suspeitos entraram no veículo, se fingiram de passageiros e depois anunciaram o roubo. Mesmo sem o condutor reagir, os criminosos atiraram contra ele e um dos disparos atingiu a perna do motorista, que perdeu muito sangue e morreu no local.

Compartilhar: