Motorista é preso em Natal depois de quase atropelar policiais em blitz

Teste no etilômetro apresentou índice de 0,57 miligramas de álcool por litro

Durante a fiscalização, motorista da caminhonete passou por cima da contenção montada, que quase atingiu os policiais. Foto: Divulgação
Durante a fiscalização, motorista da caminhonete passou por cima da contenção montada, que quase atingiu os policiais. Foto: Divulgação

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) realizou na madrugada deste sábado (30), nas proximidades do bairro de Neópolis, em Natal, um comando de fiscalização na BR-101. Além de verificarem situação de carros e motos, os PRFs realizaram testes com etilômetros visando coibir a prática de direção após ingestão de bebida alcoólica. Um homem foi detido depois de quase atropelar os policiais.

Foram fiscalizadas 202 pessoas, sendo 95 submetidas a testes de etilômetro, resultando em 16 pessoas autuadas por embriagues ao volante, tendo duas delas detidas por apresentarem índice a partir de 0,30 miligramas de álcool por litro de ar expelido dos pulmões. Além disso, outras 20 autuações foram lavradas por infrações como CNH vencida ou documento do veículo fora do prazo de validade.

Um dos homens presos quase causou uma tragédia. Durante a fiscalização, uma caminhonete Ford Ranger passou por cima da contenção montada, arrastando-a por alguns metros e quase atingindo os PRFs que estavam no início da barreira. Ao fiscalizarem o veículo, os policiais perceberam que o motorista, morador de Macaíba, estava alterado. Seu teste no etilômetro apresentou índice de 0,57 miligramas de álcool por litro de ar alveolar. Não bastante a imprudência verificada até o momento, os PRFs ainda encontraram um revólver de calibre 38 com cinco munições na posse dele.

O outro homem flagrado dirigindo embriagado estava junto com duas passageiras. Com visíveis sinais de seu estado alterado, o motorista insistia para que os PRFs verificassem seu cadastro para perceberem que era bom motorista, já ciente que seu estado era crítico. No teste no etilômetro, foi constatado o índice de 0,83 miligramas, caracterizando crime previsto no artigo 306 do Código de Trânsito Brasileiro (CTB). Esse tipo de blitz faz parte de diversas ações que a PRF tem feito para diminuir o número de acidentes nas estradas. Como resultado, a quantidade de mortos por acidentes de trânsitos nas estradas federais do RN passou de 100 em 2013 para 79 em 2014, uma redução de 21%.

“Nas fiscalizações e blitzen que estamos fazendo, além das punições quando encontramos alguma irregularidade, nós também fazemos um trabalho educativo. Mostramos os riscos do excesso de velocidade e de ultrapassagens em locais proibidos. Fazemos abordagens com radares também, para inibir exatamente o excesso de velocidade. Os números comprovam que essas medidas estão trazendo resultados”, disse Cabral, que ainda completou. “Cerca de 30% dos acidentes nas estradas são colisões frontais. Muitas vezes por imprudência da hora de ultrapassar e também da própria ingestão de bebidas alcoólicas, que fazem os condutores perderem o controle do veículo”, destacou Roberto Cabral, inspetor da PRF.

Compartilhar:
    Publicidade