Motoristas espalham cartazes para prender colega que matou cobradora

Luiz Sérgio Teixeira Mota é suspeito de matar a colega de trabalho e ex-companheira no fim de mês passado

Cartaz pede ajuda para a localização de suspeito de crime em São Paulo. Foto: IG
Cartaz pede ajuda para a localização de suspeito de crime em São Paulo. Foto: IG

Funcionários de uma empresa de ônibus em São Paulo decidiram ajudar captura de um procurado pela polícia e distribuíram por coletivos da capital paulista um cartaz do antigo colega de profissão, o motorista Luiz Sérgio Teixeira Mota, 50 anos, suspeito de matar uma funcionária de mesma companhia, a cobradora Maria Rosimar Bezerra Ferreira, de 44 anos. O crime aconteceu no fim de fevereiro.

Segundo a polícia, Maria foi morta pelo motorista após os dois terminarem um relacionamento amoroso de pouco menos de um ano.

No dia da sua morte, colegas de trabalho afirmam que a cobradora seguia em direção ao trabalho quando Mota entrou no mesmo ônibus e deu uma facada em suas costas. A cobradora foi socorrida ao Hospital Regional Sul, mas não resistiu e morreu.

De acordo com amigos, o crime foi premeditado. Mota atacou Maria no primeiro dia após pedir demissão e fugiu em seguida.

O motorista tem passagem pela polícia por cárcere privado de uma mulher com quem teve um relacionamento anterior.

 

Fonte: IG

Compartilhar:
    Publicidade