MPF fará audiência pública para discutir impactos ambientais da indústria salineira

- Será em Mossoró, no dia 4 de fevereiro, a audiência pública promovida pelo Ministério Público Federal visando debater sobre…

- Será em Mossoró, no dia 4 de fevereiro, a audiência pública promovida pelo Ministério Público Federal visando debater sobre os impactos provocados no meio ambiente pelas empresas salineiras no Rio Grande do Norte.
– Estão sendo convocados para o encontro representantes dos diversos órgãos públicos ambientais (Ibama, Idema e secretarias municipais com atuação na fiscalização do setor), dirigentes de 25 empresas salineiras autuadas ano passado durante a chamada “Operação Ouro Branco”, além de membros da comunidade acadêmica e da sociedade civil.
– A audiência acontecerá no auditório do Centro Tecnológico do Agronegócio (Ctarn), no Campus Leste da Universidade Federal Rural do Semiárido, das 9:00 às 14:00 horas, com interrupção para o almoço, retomando-se os trabalhos a partir das 15:30 até as 17:30 horas.
– A iniciativa partiu das procuradorias da República nos Municípios de Assu e Mossoró, que pretendem, através da audiência, obter dados mais consistentes para subsidiar 23 procedimentos que têm como objeto as questões ambientais, sociais e econômicas envolvendo o setor salineiro do Rio Grande do Norte, especialmente no que diz respeito a ocupações de áreas de preservação permanente.

Agência Criola lança neste final de semana a campanha de inauguração: Arena das Dunas

– Os principais veículos de comunicação social de Natal começarão a veicular neste final de semana a grande campanha publicitária relativa à inauguração da Arena das Dunas, criada e produzida pela agência Criola, que também desenvolveu a logomarca do estádio que receberá jogos da Copa do Mundo.
– O conceito principal da campanha se fundamenta na frase “Arena das Dunas: isso tudo é para você” e visa tocar emocionalmente o público.
– Os filmetes para TV apresentam pessoas reais, de diferentes idades e classes sociais, sendo levadas para conhecer o estádio. As câmeras captam, de forma intimista, os olhares, gestos e sorrisos de satisfação de cada uma delas, diante da beleza, modernidade e grandiosidade da obra. Todas as pessoas que se dispuseram a participar da campanha fizeram isso de forma espontânea.
– A campanha envolve as diversas mídias e será composta por filmes de 1 minuto e de 30 segundos, bem como de teasers (tudo produzido pelo Studio Mangue Filmes), além de anúncios impressos, outdoors, busdoor e ações de internet.

 

Woden Júnior é o novo superintendente federal da Agricultura no RN

– O engenheiro agrônomo Woden Madruga Junior assumiu esta semana o cargo de superintendente federal de Agricultura no Rio Grande do Norte, por indicação do presidente da Câmara Federal, deputado Henrique Eduardo Alves.
– A nomeação, publicada no Diário Oficial da União no último dia 12, foi assinada pelo ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Antônio Andrade.
– Woden Júnior, que substitui no cargo o médico veterinário Cláudio Orlando Procópio, é graduado pela Escola Superior de Agronomia de Mossoró (atual Ufersa) e possui MBA em Gestão de Empresas pela Fundação Getúlio Vargas.

Projeto da Camanor pode revolucionar a carcinicultura do país

– O Ministério da Pesca e Aquicultura anunciou os primeiros resultados da experiência (projeto piloto) realizada pela empresa norte-rio-grandense Camanor, considerando-os capazes de revolucionar a criação de camarão em cativeiro no Brasil e aumentar a rentabilidade da nossa carcinicultura, que vem sendo duramente prejudicada pela presença do vírus da mancha branca.
– O ponto principal da experiência é que ela demonstra ser perfeitamente possível ampliar a produtividade dos viveiros, melhorar a qualidade do camarão produzido e garantir a sustentabilidade da carcinicultura, mesmo com a presença da doença no ambiente.
– Segundo o superintendente federal da Pesca e Aquicultura no RN, Abraão Lincoln Júnior, “esta é uma grande notícia. Não poderíamos começar melhor o ano de 2014. Os resultados da experiência da Camanor estão sendo acompanhados bem de perto e com muito otimismo pelo Ministério”.
– O projeto piloto da Camanor resultou na quebra de todos os recordes de produção da empresa nos seus 30 anos de existência. Foi atingida a marca de mais de 17,7 mil quilos de camarão por hectare, com 100 por cento de sobrevivência e média de peso de 11,45 gramas por unidade, com um povoamento de 150 camarões por metro quadrado, e tudo isso com zero contato dos viveiros com o ambiente externo.
– Segundo o engenheiro de pesca Luiz Peregrino, superintendente técnico da Camanor e idealizador do projeto, esses resultados são decorrentes de maciços investimentos em estudos e pesquisas.
– Fundada nos anos 80 pelo empresário suíço Werner Jost, a Camanor foi pioneira no desenvolvimento de tecnologias aplicadas à produção de camarão no Rio Grande do Norte e liderou por muito tempo as exportações de camarão no Brasil. Dona de inúmeros projetos distribuídos em 400 hectares de viveiros no litoral potiguar, mesmo nos momentos de crise do setor, ela nunca parou de investir em inovação.
– Nesse projeto piloto o investimento da Camanor é alto: de R$ 500 mil por hectare. Mas Werner Jost espera que o retorno seja a recolocação do Brasil na briga pela liderança mundial das exportações de camarão, com preço e qualidade.

Wise Up Natal ganha prêmio nacional entre franqueados da marca

– A unidade potiguar da Wise Up venceu a competição pelo prêmio “Educathlon”, deflagrada anualmente entre os franqueados dessa rede de escolas de língua inglesa.
– Quem recebeu o troféu foi a diretora da Wise Upa em Natal, Luciana Cavalcante, durante a “Conference 2014″, evento realizada semana passada pelos grupos Ometz/Abril Educação, novos gestores da marca no Brasil.
– Como prêmio pela conquista a professora Eve-Maree Figueiredo, coordenadora da unidade da Wise Up Natal localizada no bairro do Tirol, irá passar dez dias em na cidade de Portland (EUA), com tudo pago pelo Grupo Abril Educação. Lá ela participará de uma conferência internacional de escolas de idiomas.
– Em 2011 a Wise Up Natal já havia conquistado o título de melhor escola da rede de franquia, com o “Prêmio Danielli Pureza”.

Compartilhar: