Mulher atira duas vezes no marido cego e diz que disparos foram acidentais

Mulher alegou que arma disparou quando ela limpava armário

Eliane disse que não queria atirar no companheiro. Foto:Divulgação
Eliane disse que não queria atirar no companheiro. Foto:Divulgação

Uma mulher atirou duas vezes no marido cego em Juiz de Fora, na Zona da Mata mineira. Entretanto, Eliane, que é dona de casa, disse para a Polícia Militar que os disparos foram acidentais. A vítima, de 55 anos, ficou com uma das balas alojada na perna direita e está internada no Hospital de Pronto-Socorro da cidade.

Durante depoimento, a mulher alegou que a arma, que pertence ao filho dela, disparou no momento em que limpava o armário onde foi guardada há apenas dois dias. Ela afirmou ainda que a arma era usada para proteger a família, uma vez que mora em um bairro dominado pelo tráfico de drogas.

Por medo da mãe ser presa em flagrante, o filho de Eliane jogou a arma no rio Paraibuna. Ela ainda não foi localizada e, depois de serem ouvidos, mãe e filho foram liberados.

A polícia esteve na casa da família e não achou material suspeito. A falta de testemunha pode prejudicar a apuração do caso.

Fonte:R7

Compartilhar:
    Publicidade