Mulher de Schumacher pede que imprensa os ‘deixe em paz’

A nota afirma que esse será o único pronunciamento da esposa durante a recuperação de Schumacher

"É importante, para mim, que vocês deixem os médicos e o hospital tranquilos para que possam trabalhar em paz.", disse Corinna. Foto: Divulgação
“É importante, para mim, que vocês deixem os médicos e o hospital tranquilos para que possam trabalhar em paz.”, disse Corinna. Foto: Divulgação

A esposa do ex-piloto alemão Michael Schumacher, Corinna, pediu para a imprensa “deixar em paz” sua família e os médicos que atendem o heptacampeão mundial, que sofreu um acidente de esqui no fim do ano passado. “Por favor, peço que nos ajudem nessa luta comum por Michael. É importante, para mim, que vocês deixem os médicos e o hospital tranquilos para que possam trabalhar em paz.

Confiem nas declarações [do hospital] e deixem tranquila também a nossa família”, escreveu Corinna em um comunicado divulgado nesta terça-feira (7). A nota afirma que esse será o único pronunciamento da esposa durante a recuperação de Schumacher. Internado em um hospital em Grenoble, na França, o ex-piloto está em coma induzido e seu estado é grave. Ele bateu a cabeça em uma pedra ao cair enquanto esquiava. Apesar de estar usando capacete, o alemão sofreu traumatismo craniano e sangramentos no cérebro. (ANSA)

 

Fonte: Uol

Compartilhar: