Mulher mata o marido apenas oito dias após o casamento

Casal estava caminhando quando começaram a discutir pouco antes da tragédia

Discussão teria sido o motivo para empurrão no penhasco. Foto:Divulgação
Discussão teria sido o motivo para empurrão no penhasco. Foto:Divulgação

Uma mulher recém-casada foi condenada a 30 anos de prisão após cometer um crime brutal. Ela empurrou seu marido de um penhasco oito dias após a cerimônia de casamento, no Parque Nacional Glacier, em Montana, Estados Unidos.

Jordan Linn Graha, de 22 anos foi julgada e poderia ter recebido pena de prisão perpétua. Ela admitiu ter empurrado Cody Johnson, de 25 anos, para a morte após uma caminhada.

A vítima caiu a uma altura de mais de 60 metros. Seu corpo foi encontrado quatro dias depois do incidente, quando a acusada alegava que não sabia onde estava o marido.

Segundo as investigações, Linn e Johnson tiveram uma discussão durante a caminhada. Isso foi o principal motivo para a mulher ter tomado a atitude fatal.

Fonte:R7

Compartilhar: