Mulher mata sobrinha e joga corpo em caixa d’água para se vingar de cunhada

Vítima, de 6 anos, foi golpeada com pedaços de pau na cabeça

Zenilda confessou o crime e não resistiu à prisão. Foto: Divulgação
Zenilda confessou o crime e não resistiu à prisão. Foto: Divulgação

Uma mulher de 28 anos foi presa por matar a própria sobrinha com requintes de crueldade em Virgem da Lapa, no Vale do Jequitinhonha. Zenilda Pereira da Costa deu vários golpes de pau na cabeça de Nádia Silva de Sousa, de apenas de 6 anos. O crime ocorreu dentro da casa da vítima, no Aglomerado Paraíso, na última terça-feira (10).

De acordo com a Polícia Militar, foi o pai da menina que comunicou sobre o assassinato. Ele foi até o quartel da cidade e contou que, ao amanhecer, saiu para trabalhar e sua mulher se dirigiu à escola de um dos filhos para participar de uma reunião. Para que as crianças não ficassem sozinhas, o pai da menor pediu para que sua irmã Zenilda cuidasse dos sobrinhos, uma vez que ela morava ao lado da casa da família. No entanto, ao retornar, o homem foi informado pelos outros filhos que Nádia havia sido morta pela tia.

As crianças contaram que Zenilda agrediu a sobrinha no quintal e, depois de conferir se ela já estava desmaiada, arrastou seu corpo até um cômodo na casa dela e, em seguida, ainda o jogou dentro de caixa d’água de fibra localizada no terreno.

Desesperado, o pai procurou pela filha, mas já a encontrou sem vida dentro do reservatório de água. Na sequência, ele acionou a polícia, que conseguiu localizar e prender Zenilda perto do antigo matadouro da cidade. A mulher, que estava acompanhada do filho, não resistiu à prisão e confessou o crime. Sem expressar arrependimento, ela alegou aos policiais que matou a sobrinha para se vingar da cunhada pelo fato de ela estar a chantageando e ameaçando em relação a entrar na Justiça para tomar a guarda dos seus filhos.

Zenilda foi autuada em flagrante e encaminhada à Delegacia de Polícia Civil da cidade. O filho que a acompanhava ficou sob os cuidados do Conselho Tutelar.

Fonte: R7

Compartilhar: