Mulher morre eletrocutada ao usar carregador falso de telefone

Ela foi encontrada por amigos e ainda estava usando fones de ouvido, com queimaduras em suas orelhas e no peito

Mulher foi morta depois de ser eletrocutada pelo carregador de telefone USB falso que estava com defeito. Foto: Divulgação
Mulher foi morta depois de ser eletrocutada pelo carregador de telefone USB falso que estava com defeito. Foto: Divulgação

Acredita-se que Sheryl Anne, de 28 anos, mãe de dois filhos, morreu quando um carregador USB enviou 240 volts através de seu corpo enquanto ela conversava ao telefone em sua casa em New South Wales, na Austrália.

Os socorristas relataram que ela foi encontrada por amigos em 23 de abril e ainda estava usando fones de ouvido, com queimaduras em suas orelhas e no peito.

As autoridades acreditam que o carregador de telefone USB falso enviou um pulso elétrico em seu telefone, que passou através dos fones de ouvido que estavam conectados ao computador.

A enfermeira, originalmente das Filipinas, estava para começar um novo trabalho em alguns dias e esperava que sua jovem família em breve se juntasse a ela na Austrália.

Fonte: R7

Compartilhar:
    Publicidade