Mulher que toma 16 litros de refrigerante por dia já gastou quase R$ 600 mil

Jakki Ballan diz que é viciada em Coca-Cola Diet e bebe cerca de 16 litros por dia.

Jakki Ballan diz que é viciada em Coca-Cola Diet e bebe cerca de 16 litros por dia. Foto: Divulgação
Jakki Ballan diz que é viciada em Coca-Cola Diet e bebe cerca de 16 litros por dia. Foto: Divulgação

Chegou a um ponto que sua dependência de 30 anos tornou-se tão grave que ela estava gastando R$ 1971,00 por mês com a bebida.

Ballan insiste em consumir até 10 litros de Coca-Cola por dia, pois entra em pânico se ela não tem acesso a um fornecimento constante da bebida efervescente, mas ela também ingere outros refrigerantes. Ela agora está em busca de tratamento médico, incluindo a hipnoterapia, para conseguir superar seu vício depois de sofrer alucinações, como resultado de consumir tanto refrigerante de cola.

Ela acrescenta: “Eu estou com medo pela minha saúde. Eu quero estar viva para ver meus filhos crescerem. Tenho medo de pensar que minhas entranhas estão se dissolvendo”. Ela também sofre de dores de cabeça constantes e recentemente começou a ter alucinações. “Eu vejo coisas estranhas como laranjas voando pela sala. Então, eu tenho de sentar e me acalmar antes de prosseguir com qualquer coisa”.

trhrthyuk

“Estou constantemente cansada, mas, por consumir produtos com cafeína, significa que tenho problemas para dormir. Então, eu acabo sentada e acordado à noite, bebendo ainda mais Coca-Cola. É um ciclo vicioso que eu não consigo sair”.

O vício de Ballan tomou um patamar importante em suas finanças, bem como a sua saúde. Ao longo de um ano, a dona-de-casa gasta aproximadamente R$ 23 mil em seu hábito de Coca-Cola Diet.

Ela disse: “Eu não vou deixar faltar nada aos meus filhos, mas, quando se trata de minhas próprias necessidades, a Coca-Cola vem em primeiro lugar. É tão importante quanto pagar as contas de energia elétrica”.

A jovem começou a beber Coca-Cola em seus primeiros anos de adolescência e não demorou muito para que seu hábito começasse ficar fora de controle. Ela disse: “Tudo começou quando eu comecei a ter meu próprio dinheiro no bolso e eu gostava de sair e comprar uma lata ou duas. Então, eu comecei a beber mais e mais, e começou a se tornar um problema quando eu tinha uns 14 anos. Inicialmente, eu estava bebendo as latas vermelhas normais, mas eu percebi que estava engordando e por isso passei a tomar o refrigerante Diet”.

wrgewrger

Dr. Sarah Schenker , um porta-voz da British Dietetic Association, disse que o hábito de Ballan pode causar “danos preocupantes” para seus ossos.

Ela disse: “Embora nós não possamos descrever tecnicamente sua condição como um vício, é óbvio que esta mulher está sofrendo desejos reais que estão influenciando a sua vida. Beber Coca-Cola Diet tornou-se parte de sua rotina e do sistema de recompensa, que cérebro pode estar respondendo”.

A doutora confirma: “As bebidas gaseificadas contêm fósforo, o que não é prejudicial em pequenas doses, mas, se for consumido em doses muito grandes, pode ser ruim para a saúde óssea. É este dano duradouro que é preocupante”.

“Mas a minha maior preocupação é que, se esta mulher está enchendo seu corpo com esse refrigerante, ela não está comendo uma dieta equilibrada e dando seu corpo os nutrientes que ele necessita”.

65y5ryr5

“Existem coisas que ela pode fazer para quebrar o hábito. Neste caso, a sua percepção é tudo, então eu sugiro terapia comportamental cognitiva. Isto é frequentemente usado para pessoas com distúrbios alimentares, e pode ajudá-la a mudar seu comportamento e aprender a viver sem Diet Coke”, afirma Sarah.

Jakki já prometeu procurar uma ajuda maior de um hipnoterapeuta para ajuda-la a mudar o seu comportamento e quer alertar outras pessoas sobre os perigos das bebidas gasosas. Ela disse: “Para quem bebe um monte de refrigerantes já, eu aconselho a pessoa estar muito consciente do potencial de impacto extremo que isso pode ter em sua vida, como ele tem na minha”.

 

Fonte: R7

Compartilhar:
    Publicidade