Mulher tranca filho adotivo e comete abusos contra ele durante dez anos

A mulher de 62 anos de idade o deixava trancado, sem acesso a banheiro e sem iluminação, durante um ano

Foto:Divulgação
Foto:Divulgação

Uma mãe que abusou de seu filho adotivo por mais de 10 anos, espancando-o e deixando-o preso em um quarto sem iluminação, acabou sendo detida. Jean Robinson maltratou o filho José por 11 anos, depois de adotá-lo quando ele ainda era um bebê de 18 meses de vida.

A mulher de 62 anos de idade o deixava trancado, sem acesso a banheiro e sem iluminação, durante um ano. Robinson foi condenada a 12 meses de prisão após se declarar culpada de duas acusações de agressão intencional em pela Corte Preston Crown.

Após a audiência, José, que hoje tem 27 anos de idade, disse: “Tudo começou quando eu fui adotado aos 18 meses de idade, e durou até que eu completasse 11 anos. Ela fez coisas horríveis comigo, e eu costumava perguntar por que ela me odiava tanto. Ela me trancou no quarto com apenas um colchão no chão, tirava a lâmpada e me deixava na escuridão, sem instalações sanitárias”. O abuso ocorreu entre 1988 e 1998.

Fonte:R7

Compartilhar: