Mulheres policiais pedem votação da aposentadoria aos 25 anos de serviço

O presidente afirmou considerar a reivindicação das mais justas e assegurou que, tão logo a pauta seja destrancada, a incluirá na relação das dez primeiros matérias a serem submetidas à deliberação da casa

Foto: Rodolfo Stuckert
Foto: Rodolfo Stuckert

Acompanhada dos deputados Valtenir Pereira (PSB-MT) e Manoel Júnior (PMDB-PB), uma representação de mulheres policiais foi recebida na tarde desta quarta-feira, 26, pelo presidente da Câmara, Henrique Eduardo Alves. Elas pediram o empenho do deputado para colocar em pauta o projeto de lei complementar 275/2001. Aprovado no Senado, o projeto tramita há 11 anos na Câmara e tem por objetivo incorporar à Lei complementar 51, de 1985, o direito da mulher policial se aposentar após 25 anos de contribuição, com, pelo menos, 15 anos de serviço estritamente policial.

O presidente afirmou considerar a reivindicação das mais justas e assegurou que, tão logo a pauta seja destrancada, a incluirá na relação das dez primeiros matérias a serem submetidas à deliberação da casa.

O grupo de policiais era formado por Hilderiária Miranda (PFR-PR), Odília Amorim (PRF-PB), Sâmia Prado (PRF-CE), Adrile Maia (PRF-RO/AC), Iara Sales (PRF-MT), Andrea Correa (PRF-MT), Tania Rocha (PRF-BA), Ana Paula (PF-PR), Valnice Hoffmann (PF-PR), Adriana Santiago (PC-DF), Maria Luiza Sasse (PC-DF), Vaniuchka Vinagre (PC-DF) e Giulioeney Matos (PC-DF).

Compartilhar: