Mulheres terão mamografia grátis sem pedido médico no mês do aniversário

Neste ano serão beneficiadas as mulheres que nasceram em anos pares

Em 2014 serão beneficiadas as mulheres que nasceram em anos pares e que tenham entre 50 e 69 anos. Foto: Divulgação
Em 2014 serão beneficiadas as mulheres que nasceram em anos pares e que tenham entre 50 e 69 anos. Foto: Divulgação

As mulheres paulistas com idades entre 50 e 69 anos poderão fazer, gratuitamente, exames de mamografia pelo SUS (Sistema Único de Saúde) sem precisar ter o pedido médico em mãos. Mais de 300 serviços de saúde com mamógrafo, entre AMEs (Ambulatórios Médicos de Especialidades), hospitais e clínicas conveniadas estarão à disposição para ofertar o procedimento. Doze mil mamografias a mais por mês serão ofertadas na rede.

A medida, que integra o programa “Mulheres de Peito” da Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo, começa a valer na segunda quinzena de fevereiro e tem como objetivos ampliar o acesso aos exames na rede pública e incentivar a detecção precoce do câncer de mama. Trata-se de um programa inédito de rastreamento ativo da doença no Estado.

Neste ano serão beneficiadas as mulheres que nasceram em anos pares. As aniversariantes de janeiro e fevereiro de 2014 poderão ligar, a partir da segunda quinzena deste mês, para um call center da Secretaria que fará o agendamento da mamografia em uma das unidades do programa. No próximo mês será a vez das mulheres que aniversariam em março agendarem o exame.

Já as mulheres que nasceram em ano ímpar poderão fazer o pedido do exame no ano que vem, também no mês do aniversário. Mas as mulheres nascidas em ano ímpar que estejam há mais de dois anos sem fazer o exame de mamografia poderão fazer o pedido também em 2014, pelo “Mulheres de Peito”.

A previsão é de que a mamografia seja realizada ainda no mês de aniversário da paciente ou, no máximo, em até 45 dias após a solicitação do exame.

Caso seja detectada alguma alteração no exame ou indícios de câncer, a paciente será encaminhada a um serviço de referência do SUS para fazer exames complementares, acompanhamento ou tratamento, de acordo com cada caso.

“O Programa ‘Mulheres de Peito’ tem entre seus principais objetivos não só suprir a demanda reprimida, mas também diminuir o tempo de espera para a realização de mamografia. Com essa ação, o governo do Estado de São Paulo quer aumentar a cobertura do exame entre mulheres na faixa dos 50 a 69 anos, estimular o rastreamento e ampliar o acesso ao diagnóstico precoce do câncer de mama. Quanto mais cedo o diagnóstico, maior a chance de sucesso no tratamento”, afirma o secretário de Estado da Saúde, David Uip.

 

Fonte: Uol

Compartilhar:
    Publicidade