Mundial de Judô para cegos começa amanhã com participação de potiguares

A delegação é composta por 13 judocas, sendo três potiguares

Arthur, Boto e Abner representam o Rio Grande do Norte nos EUA. Foto: Divulgação
Arthur, Boto e Abner representam o Rio Grande do Norte nos EUA. Foto: Divulgação

A Seleção Brasileira de judô para cegos já se encontra em Colorado Springs, nos Estados Unidos para a disputa do Campeonato Mundial.

O evento ocorrerá de hoje até o dia 6 na sede do Comitê Olímpico local (USOC, sigla em inglês). A delegação é composta por 13 judocas, sendo três potiguares, e mais 14 pessoas que integram o estafe do país.

Os potiguares convocados são Abner Nascimento de Oliveira (Classe Leve) e Arthur Cavalcante da Silva (Médio), ambos da Adevirn e filiados a Federação de Judô do Estado do Rio Grande do Norte (FJERN). Tem também Hallyson Boto (Meio Leve), que hoje compete pelo CESEC/SP.

Foram inscritos para o torneio aproximadamente 250 atletas de 37 países. Vale ressaltar que, no judô para cegos, são seguidas os mesmos pesos do judô olímpico convencional para a divisão das categorias, tanto no masculino quanto no feminino. A única exceção é a categoria mais pesada entre as mulheres.

No esporte paralímpico, a atleta tem de ter mais de 70kg, enquanto o judô convencional estabelece os 78kg. Amanhã, acontece a pesagem oficial da competição e o sorteio das chaves do Mundial. Nos dias seguintes, as lutas terão início a partir das 9h30 (horário local, 12h30 de Brasília). As disputas por medalha ocorrerão sempre a partir das 16h30 (19h30 de Brasília).

Compartilhar: