Na internet, Templo de Salomão impulsiona briga entre evangélicos

Vídeos no YouTube reforçam disputa por fiéis entre as igrejas evangélicas e colocam supertemplo em São Paulo à prova

Bispo Valdomiro Santiago e Edir Macedo quando pediam dinheiro juntos. Foto: Divulgação
Bispo Valdomiro Santiago e Edir Macedo quando pediam dinheiro juntos. Foto: Divulgação

A briga é antiga e remete a 1998, quando o bispo Valdemiro Santiago rompeu com a Igreja Universal do Reino de Deus (IURD) e fundou sua própria denominação evangélica, a Igreja Mundial do Poder de Deus. Após sofrer um desprestígio hierárquico dentro da IURD, o religioso escolheu uma linha de frente que havia sido substituída, por Edir Macedo, pela “teologia da prosperidade”.Em vez de prometer riqueza, poder e sucesso, Valdemiro priorizou em sua doutrina temas como a cura pelo milagre e a luta contra o demônio. A arrecadação de dinheiro, no entanto, não foi deixada de lado. Como resultado, Valdemiro arregimentou fiéis de sua antiga casa, se consolidou financeiramente e passou a ameaçar a soberania da Universal.

De acordo com dados da revista de negócios “Forbes”, Edir Macedo e Valdemiro Santiago lideram o ranking com os líderes evangélicos mais ricos do Brasil. Enquanto o primeiro acumula uma fortuna estimada em R$ 2 bilhões, o segundo teria em seu poder pelo menos R$ 400 milhões. Valdemiro e Macedo foram procurados por três semanas pela reportagem por meio de suas assessorias de imprensa, mas nunca responderam aos pedidos de entrevista.

Edir Macedo e Valdemiro Santiago são os mais expressivos, mas não os únicos líderes evangélicos de projeção. Bispo primaz da Igreja REINA, Hermes Fernandes publicou um extenso texto em sua página na internet. Lá, qualifica o Templo de Salomão de “insulto à Deus, monumento à ignorância”. O religioso aproveita para enumerar seus argumentos: “A obra não trará benefícios para o povo”; “muitas outras coisas precisam ser construídas no Brasil, por que um investimento tão alto?”; “milhões passam fome, não era melhor gastar com eles?”; “a Universal está usurpando o símbolo de outra religião” e “bispo Macedo está roubando o dinheiro dos incautos para a construção.”

Respeitado no circuito pentecostal, o reverendo Augustus Nicodemus chegou a questionar no Twitter: “Por que gente que se diz cristã construiria uma réplica do templo de Salomão em nossos dias? Fico pasmo com tanta falta de conhecimento da palavra de Deus!”, escreveu em seu microblog.

A Igreja Central também se posicionou em texto editorializado postado em sua página oficial. Lá, justifica a desaprovação ao Templo de Salomão com o “exagero emblemático no que tange a arrecadação de dinheiro” da Igreja Universal.

“[As propagandas da IURD] divulgam uma forma de adoração baseada no Velho Testamento e atropelam o significado de Igreja no Novo Testamento – tudo por causa do dinheiro”, sintetiza o texto assinado pelo líder Glauber.

IURD x IMPD

Em vídeos na internet, fica claro que a disputa entre Igreja Universal do Reino de Deus e não se resume ao rebanho angariado pelas denominações religiosas. Há alguns anos, a guerra evangélica já consistia em acusações referentes ao patrimônio de cada um dos líderes e, desde o final de julho, ganhou um novo ingrediente: o Templo de Salomão, então inaugurado no Brás, em São Paulo.

Entre as produções audiovisuais, uma postada pelo perfil Exército Universal chama a atenção. Ela associa, por meio da edição, um sermão de Valdomiro contra a ostentação na construção do Templo de Salomão a propriedades mantidas pelo mesmo pastor em Mato Grosso.

“Pra que eu vou fazer Templo de Salomão se o povo está sofrendo? Eu vou é ganhar almas em vez de gastar dinheiro com Templo de Salomão”, desdenha Valdemiro na primeira cena.

Então, são exibidas imagens de arquivo de um programa da Rede Record, de Edir Macedo, em que uma reportagem expunha a riqueza de Valdemiro.

“Vamos ajudar o apóstolo a comprar outra fazendinha, porque aquela que comprou é pequenininha e só mede o equivalente a 13.400 vezes o estádio do Maracanã, e só tem 1.500  cabeças do melhor gado que há. Os que colaborarem estarão aumentando o patrimônio do Valdomiro. Não é uma maravilha?”, diz a voz robotizada, que ainda ironiza ao convocar os interessados em fazer depósito para a Mundial a entrar em páginas fictícias como souotariodemais.com.br e ajudeummercenario.com. “O apóstolo Valdomiro agradece tua ajuda para seu enriquecimento ilícito”, finaliza.

Em outro vídeo, a ‘entrevista com um demônio’ que possuiria o corpo de uma mulher faz alusão ao Templo de Salomão. Em seguida, um discurso de Edir Macedo: “Muitas pessoas vão se sacrificar, vão trabalhar mais e buscar participar de forma mais efetiva (para a construção do Templo). Porque oferta todo mundo dá, mas poucas pessoas se sacrificam. Aqueles que se sacrificarem, Deus vai enriquecer.”

Fonte: IG

 

Compartilhar:
    Publicidade