Na noite de hoje, 10 jovens estilistas estarão sob holofotes no teatro

Evento mistura design de roupas com apresentações musicais; Edson Cordeiro é destaque

56uy56yu4y24y4

Conrado Carlos

Editor de Cultura

Nesta quinta-feira (10), a moda terá uma noite de gala, com o ArteModa Potiguar 2014. O evento mistura desfiles e shows musicais no palco do Teatro Riachuelo, a partir das 19h, para apresentar a produção de dez novos talentos do design de roupas e de seis marcas comerciais. Dividido em dois momentos, o primeiro durante o show do cantor e compositor Rodrigo Lacaz e o segundo o Fashion Show comandado por Edson Cordeiro, a organização pretende expor a criação de jovens estilistas e valorizar o trabalho dos empreendedores locais – lojas, como Puket, Rommanel, Dumond, Mercatto, Morana e TNG participarão com coleções. Viabilizado através do incentivo da Lei Câmara Cascudo, uma fase distinta será armada daqui a quatro meses, durante o Agosto da Alegria, promovido pelo Governo do Estado.

Segundo o diretor executivo do evento, Kyann Kartz, é um bom momento para o segmento potiguar se unir em torno das possibilidades do mercado. “O ArteModa foi criado aqui no Rio Grande do Norte, mas esse ano percorrerá mais seis cidades do Nordeste, pelos Estados do Maranhão, Piauí, Ceará, Paraíba e Pernambuco, fazendo um itinerário da moda que quer descobrir novos talentos. Essa é nossa proposta. Damos oportunidade para quem está começando de estar em um evento com a melhor estrutura possível, com boa divulgação, as melhores modelos e maquiadores. Foram selecionados dez estilistas, através de um edital público, que tinham a obrigação apenas de ter nascido ou morar a um ano aqui. Tem gente de Caicó, Currais Novos, Parnamirim e, claro, de Natal”.

Com 15 anos de experiência em eventos de moda, Kyann acredita que participar do ArteModa é uma grande vitrine para artistas da terra, ainda que o desenvolvimento da moda potiguar seja incipiente. “Natal está mais ligada em moda até mesmo que o Ceará, que é um dos maiores polos do país e, hoje, o principal da região. Aqui se consome bastante e tem muita gente boa trabalhando no meio, como o Wagner Kalieno [que estreou no São Paulo Fashion Week, no começo do mês]. Mas ainda tem como crescer mais, no que se refere a produção de marcas locais. Para termos uma ideia, aqui no Rio Grande do Norte tem um curso técnico de moda. No Ceará existem cinco faculdades e mais quatro cursos técnicos. Isso explica a razão de muita gente ir estuda moda fora”.

O fato de a maioria dos estilistas preferirem criar roupas para mulheres foi observado pela direção do ArteModa. Os selecionados que verão suas composições no Teatro Riachuelo se inspiraram na temática “DNA Brasil – Verão 2014. O que você entende ser o DNA Brasileiro”. Foram quatro peças femininas, duas masculinas, uma moda praia feminino e uma moda praia masculino (todos segmentos obrigatórios). Foram destacados critérios, como projeto gráfico, tema, criatividade, coerência com o tema exposto, cartela de cores e tecidos, modelagem e montagem. Após o processo, sobraram dez nomes que ganharão os holofotes. “Isso tudo é fantástico para ele [estilista potiguar]. Os empresários poderão vê-los em ação, ao mesmo tempo terão espaço para suas marcas comerciais e conceituais”, diz Kyann.

 

Compartilhar:
    Publicidade