Na última lista da seleção antes da Copa, algumas vagas em aberto

Felipão pode surpreender com novos convocados para amistoso na terça-feira

A grande incógnita para terça-feira é o ataque. Felipão parecia absolutamente satisfeito com o titular Fred e o reserva Jô. Foto: Divulgação
A grande incógnita para terça-feira é o ataque. Felipão parecia absolutamente satisfeito com o titular Fred e o reserva Jô. Foto: Divulgação

No fim do ano passado, depois de uma temporada em que fez a seleção brasileira recuperar seu prestígio e sua força, o técnico Luiz Felipe Scolari dava pistas de que o último amistoso antes da convocação para a Copa do Mundo, em 5 de março, em Johannesburgo, contra a África do Sul, não teria grandes novidades nem experiências com atletas que não têm sido chamados por ele. As circunstâncias, porém, levaram Felipão a abrir espaço para algumas possíveis surpresas na terça-feira, quando ele anuncia os nomes escolhidos para esse teste decisivo. A divulgação dos convocados, ao meio-dia (de Brasília), no Rio de Janeiro, está bem menos previsível do que se pensava há algumas semanas. E a chance de alguma grande “zebra” de última hora, algo em que poucos apostavam antes, é real.

A grande incógnita para terça-feira é o ataque. Felipão parecia absolutamente satisfeito com o titular Fred e o reserva Jô. O centroavante do Fluminense, porém, segue enfrentando seu calvário de contusões. E o goleador do Atlético-MG está longe de sua melhor forma. Para complicar ainda mais a situação, algumas das outras opções já testadas por Felipão, como Leandro Damião (só um jogo disputado desde que chegou ao Santos), Alexandre Pato (transferido ao São Paulo e fora de ação no campeonato estadual) e Luís Fabiano (poupado no fim de semana por motivos físicos), também não parecem ser boas soluções. Para alguns, é possível até que Felipão surpreenda com alguma aposta ousada, como Hernane (Flamengo) ou Walter (Fluminense).

No meio, assim como no ataque, também há dúvidas – mas, no caso dos armadores, a incerteza é provocada pelo grande número de opções disponíveis. Além de Oscar, titular absoluto e em ótimo momento no Chelsea, Felipão pode listar nomes como Kaká (em recuperação no Milan), Willian (em alta no Chelsea) e Philippe Coutinho (em excelente fase no Liverpool). Quase ninguém acredita no retorno de Ronaldinho Gaúcho, ainda mais depois do fracasso do Atlético no Mundial. Entre os volantes, Paulinho, Ramires, Hernanes e Luiz Gustavo agradam muito a Felipão, mas a ascensão de Fernandinho, do Manchester City, pode levar Felipão a testá-lo em Johannesburgo. Na zaga, além dos já garantidos Thiago Silva, David Luiz e Dante, brigam pela última vaga Marquinhos, Dedé, Réver e Henrique.

 

Fonte: Veja

Compartilhar:
    Publicidade