Nada de Natal, seleções já decidem onde vão treinar durante a Copa do Mundo

Algumas equipes já decidiram os locais de seus QGs no Brasil

Seleções ainda não manifestarem interesse em ter Natal como sede durante a Copa. Foto:Divulgação
Seleções ainda não manifestarem interesse em ter Natal como sede durante a Copa. Foto:Divulgação

A definição da tabela da Copa representa, nestes dias que se seguem ao sorteio, uma carga extra para parte significativa dos funcionários do Comitê Organizador Local (COL). São os assistentes de delegação, que passarão os próximos dias ciceroneando técnicos e dirigentes de quase todas as seleções em viagens por locais que poderão servir de centro de aclimatação e treinamento.

O objetivo é definir de vez os CTs e conhecer hotéis e locais de treinamentos que serão utilizados no Mundial. Em janeiro, a Fifa divulgará a relação final dos locais de preparação. A área de assistência às delegações é uma das maiores do COL. Tem 32 pessoas dedicadas a cada uma das seleções, inclusive a brasileira, outras 16 que cuidam de duas equipes simultaneamente e um coordenador geral. São 49 funcionários, mais de 10% do total atual de 430 contratados pelo comitê.

A ordem dos jogos trouxe algumas alterações de planejamento. A Alemanha, por exemplo, pretendia fazer de Itu seu quartel-general, mas, como caiu no Grupo G e vai jogar em Salvador, Fortaleza e Recife, já anunciou que ficará em Porto Seguro, na Bahia.

ITU
Itu perdeu a Alemanha, mas pode ganhar a Rússia, que namorou com Bento Gonçalves (RS), mas optou por ficar no Estado de São Paulo. Com dois CTs catalogados pela Fifa, Itu também terá o Japão. França (Ribeirão Preto), Bélgica (Mogi das Cruzes), Irã e Estados Unidos (capital) e México (Santos) também ficarão em território paulista. Mas a Suíça, com jogos em Brasília, Salvador e Manaus, talvez desista do Guarujá.

O sorteio provocou alterações, mas não muda as ambições de São Paulo de receber entre 10 e 12 seleções. “Esperamos que 40% das seleções fiquem em São Paulo. Oferecemos as melhores cidades, com aeroportos próximo, ginásios, campos e uma grande rede hoteleira”, disse na sexta-feira o governador Geraldo Alckmin (PSDB). O Estado tem visitas agendadas das delegações do Uruguai e da Nigéria, entre outras. E há negociações com Colômbia (Cotia), Argélia (Sorocaba), Costa do Marfim (Águas de Lindoia) e Portugal (Campinas).

Também é preciso inspecionar os locais de estadia durante a Copa – todas as viagens de delegações para os jogos serão feitas em aviões cedidos pelo COL, que abriu esta semana licitação para o aluguel das aeronaves.

Fortaleza vai receber várias delegações nos próximos dias, afirmou o secretário da Secopa cearense, Ferrucio Feitosa. De acordo com ele, têm visitas programadas à cidade Brasil, Alemanha, Gana, Croácia, Grécia, Costa Rica, Uruguai e Camarões. E representantes de Itália e Inglaterra devem ir nos próximos dias a Manaus, cidade criticada pelo técnico Roy Hodgson.

CONCENTRAÇÃO DEFINIDA
Brasil - Teresópolis (RJ)
Itália - Mangaratiba (RJ)
México - Santos (SP)
Espanha - Curitiba (PR)
Japão - Itu (SP)
Inglaterra - Rio (RJ)
Equador - Viamão (RS)
França - Ribeirão Preto (SP)
Argentina - Vespasiano (MG)
Irã - São Paulo (SP)
Alemanha - Porto Seguro (BA)
Estados Unidos - São Paulo (SP)
Bélgica - Mogi das Cruzes (SP)

Fonte:Estadão

Compartilhar: